Escolha as suas informações

Vive numa casa ou apartamento com pouca luz?
Viver 04.11.2020

Vive numa casa ou apartamento com pouca luz?

Vive numa casa ou apartamento com pouca luz?

Viver 04.11.2020

Vive numa casa ou apartamento com pouca luz?

Diana ALVES
Diana ALVES
Cerca de 6,3% dos residentes do Luxemburgo vivem em casas ou apartamentos com pouca luz, segundo dados de 2019 divulgados esta quarta-feira pelo gabinete de estatísticas europeu, Eurostat.

O valor diminuiu quase dois pontos percentuais face ao ano anterior. Mesmo assim, é superior à média europeia, de 4,9%. Os dados foram divulgados pelo Eurostat, que descreve a falta de luz numa habitação como "um problema para o agregado familiar". 

Com uma taxa de 6,3% o Luxemburgo ocupa assim o oitavo lugar da lista. Malta é o Estado-membro da União Europeia (UE) onde os cidadãos mais se queixam de habitações demasiado escuras, com a taxa a rondar os 10%. A seguir aparece Portugal (8,2%) e depois a Hungria (8%).

No outro extremo, Eslováquia (2,8%, segundo dados de 2018), República Checa (2,9%) e Itália (3,2% em 2018) e Chipre (3,2%) são os países do bloco onde menos residentes apontam a falta de claridade em casa como um problema.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas