Escolha as suas informações

Vídeo. Amnéville dá as boas-vindas à primeira girafa nascida no Zoo
Viver 4 06.10.2020

Vídeo. Amnéville dá as boas-vindas à primeira girafa nascida no Zoo

Vídeo. Amnéville dá as boas-vindas à primeira girafa nascida no Zoo

Zoo de Amnéville
Viver 4 06.10.2020

Vídeo. Amnéville dá as boas-vindas à primeira girafa nascida no Zoo

Pela primeira vez, desde que abriu as portas, o jardim zoológico anunciou o nascimento de uma girafa. A fêmea de 57 quilos demorou apenas duas horas a levantar-se. É a primeira da espécie a ter um passaporte da Lorena.

O jardim zoológico de Amnéville anunciou esta terça-feira o nascimento de uma girafa rara. A data fica para a história do zoo e da região francesa. 

"Nunca tínhamos visto uma girafa antes. Em 30 anos, o parque animal assistiu a milhares de nascimentos, mas este é particularmente emotivo", esclarece o especialista em comportamento animal do parque,  Thomas Grangeat. 

Rara, a fêmea da subespécie Rothschild nasceu a 28 de setembro, por volta das 16h30, embora o seu nascimento só tenha sido comunicado nesta primeira semana de outubro. Demorou apenas 2 horas a levantar-se e "já está a brincar para deleite de toda a equipa de tratadores". Com 57 kg e 1,75 m, deve atingir a idade adulta por volta dos sete anos de idade. 

Para já, a bebé só conhece a mãe, Liana, com que tem vivido os primeiros dias, estando para breve a sua apresentação ao pai e às outras girafas. O nome vai ser colocado à votação dos visitantes do zoológico de Amnéville. A julgar pelas centenas de reações ao vídeo de apresentação do animal, no Facebook, deverá estar escolhido nos próximos dias. 


Em comunicado, a equipa veterinária do jardim zoológico garante ter realizado os testes habituais para assegurar a sua boa constituição". 

Em vias de desaparecer 

Atualmente, a subespécie Rothschild está em vias de extinção, resumindo-se a 1.600 representantes, no Quénia e no Uganda. 

De um ponto de vista mais alargado, todas as girafas estão em perigo de deixar de existir, já que a sua  a sua população global caiu 40% nos últimos 30 anos . "A protecção das espécies ameaçadas é a nossa razão de ser", diz Anne Yannic, presidente do Parque da Vida Selvagem da Lorena. 

 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.