Escolha as suas informações

Relais pour la Vie 2021 já tem data marcada, mas não será na Coque
Viver 2 min. 07.12.2020

Relais pour la Vie 2021 já tem data marcada, mas não será na Coque

Relais pour la Vie 2021 já tem data marcada, mas não será na Coque

Foto: Claude Piscitelli
Viver 2 min. 07.12.2020

Relais pour la Vie 2021 já tem data marcada, mas não será na Coque

Diana ALVES
Diana ALVES
A corrida contra o cancro, organizada pela Fundação Cancro, está agendada para os dias 27 e 28 de março de 2021, mas desta vez não será no pavilhão desportivo Coque, em Kirchberg. E as regras serão diferentes.

A próxima edição do Relais pour la Vie ("estafeta pela vida", em português) já tem data marcada. A corrida contra o cancro, organizada pela Fundação Cancro, vai acontecer nos dias 27 e 28 de março de 2021, mas desta vez não será no pavilhão desportivo Coque, em Kirchberg, e as regras serão diferentes.

Numa nota divulgada à imprensa, a fundação adianta que "os participantes podem correr, caminhar ou pedalar à hora que quiserem, entre o sábado, 27 de março, e o domingo, 28 de março". O local também fica ao critério dos participantes: "seja no bosque, no bairro de residência, na empresa ou na escola, o objetivo é que cada equipa acumule um total de 24 horas e que se comprometa a fazer uma angariação de fundos". 

Neste formato diferente, não serão impostos horários. Isto é, os membros de uma equipa podem correr todos de manhã, por exemplo, não sendo que necessário que corram durante a noite, como é hábito. Outra das novidades é que, uma vez que esta edição será virtual, não haverá limite no número de equipas participantes. Contactada pela Rádio Latina, Claudia Gaebel, da Fundação Cancro, indicou que este é "único aspeto positivo" de toda a situação atual, que não permite a organização do evento dentro dos moldes habituais.

"Juntos e ligados"

"Juntos e ligados" será o slogan do próximo Relais pour la Vie de 2021, que regressará dois anos após a última edição, já que a de 2020 acabou por ser cancelada devido à pandemia da covid-19. O evento solidário foi aliás a primeira grande manifestação a ser anulada no país devido à epidemia. Na nota às redações, a Fundação Cancro sublinha que, "mais do que nunca", os pacientes com cancro precisam de apoio, até "porque o cancro não se confina e a pesquisa sobre a doença prossegue em câmara lenta".

Para participar, os interessados devem inscrever a sua equipa, pagar as taxas de inscrição (15 euros por cada membro) e dar início à angariação de fundos no seu perfil na plataforma que a fundação irá lançar em breve. Os fundos angariados no âmbito do Relais pour la Vie são usados para financiar as iniciativas da Fundação Cancro. Para mais informações sobre as inscrições, que deverão abrir em janeiro, os interessados devem subscrever a newsletter da fundação.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

"Relais pour la vie" termina hoje
A cerimónia das velas, o minuto de silêncio em que serão lembrados todos os que sucumbiram à doença, está marcada para hoje às 17h. O "Relais pour la vie" de 2018 termina às 20h com o desfile de todas as equipas.
Relais pour la Vie 2018 - Coque - Fondation Cancer - Luxembourg - 24.03.2018 © claude piscitelli