Escolha as suas informações

Radar não consegue identificar matrícula de viatura a 281 km/h

Radar não consegue identificar matrícula de viatura a 281 km/h

Ftoo: Gerry Huberty
Viver 23.02.2019

Radar não consegue identificar matrícula de viatura a 281 km/h

Há muitas viaturas com matrícula luxemburguesa a passar pelo local do incidente.

Um automobilista foi "flashado" a 281 km/h na auto-estrada que liga o Luxemburgo a Bruxelas. Mas o radar não conseguiu identificar a matrícula da viatura do transgressor.

De acordo com uma publicação deste sábado do jornal online belga Sudinfo.be, o caso teve lugar em Sterpenich, do outro lado da fronteira, numa zona em obras e onde a velocidade estava temporariamente limitada a 90 km/h.

O tipo de radar fixo instalado no local "LIDAR" não conseguiu, entretanto, lidar com tanta velocidade já que a matrícula não ficou visível.

O jornal belga conclui que não se sabe se a viatura tinha matrícula belga, francesa, luxemburguesa ou outra, mas refere que o local é ponto de passagem de "muitas viaturas com matrícula francesa e luxemburguesa" e que o Ministério Público luxemburguês tem conseguido "identificar e punir" os automobilistas do lado de cá da fronteira.


Notícias relacionadas