Escolha as suas informações

Quem é mais feliz, o dono do cão ou o do gato?
Viver 3 min. 26.04.2019

Quem é mais feliz, o dono do cão ou o do gato?

Quem é mais feliz, o dono do cão ou o do gato?

Foto: Pixabay
Viver 3 min. 26.04.2019

Quem é mais feliz, o dono do cão ou o do gato?

Sentem-se duas vezes mais felizes, são mais propensos ao casamento e a ter uma família, e são mais extrovertidos. Os resultados de um estudo norte-americano e dizem respeito a quem tem cães ou a quem tem gatos? Descubra.

Quem tem um cão ou um gato sabe a ligação especial que se cria com o animal de estimação. Uma relação única, um amor de quatro patas que é demonstrado 24 horas por dia pelos cães, e só quando lhes apetece, no caso dos felinos. Mesmo assim é amor. E os donos são o melhor do mundo para os seus bichos, sejam cães ou gatos. E entre os seus donos, quem são os mais felizes? Os que têm em casa um bichinho que ladra e que lhe manifesta o amor com grandes saltos e lambidelas? Ou aquele que ronrona e se cola às suas pernas?

Segundo um estudo realizado pela The General Social Survey, plataforma de investigação gerida pela Universidade de Chicago, EUA, revela que os donos dos cães consideram-se muito mais felizes do que os dos gatos. "36% dos donos de cães definiram-se como 'muito felizes'", o dobro da percentagem dos donos de felinos (18%) que escolheram esta opção, na pergunta, destinada a avaliar e comparar o nível de felicidade dos participantes do estudo que têm cães e gatos, e os quem não tem.

Em particular, na categoria de "muito felizes", em primeiro lugar, encontram-se os donos dos cães (36%), em segundo, quem não tem nenhum animal de estimação (32%). Em terceiro, surgem os indivíduos que possuem cães e gatos (28%), e só em último, surgem os donos dos gatos (18%).

Por outro lado, a pesquisa revelou também que os donos de cães são aqueles que mais brincam com o seu animal de estimação e os que mais procuram conforto no amigo de quatro patas. Além de considerarem o seu bicho como um membro da família (93%), mais 10% do que os donos dos felinos.

A plataforma de Universidade de Chicago tem amostras compreendidas entre os mil e quinhentos e três mil adultos entre a população norte-americana. Para este estudo em particular, os dados foram recolhidos entre abril e novembro de 2018. Os estudos da plataforma da Universidade de Chicago visam contribuir para a investigação nas áreas das ciências sociais. 

Donos de cães mais propensos a casar-se

Quem tem um cão também também maiores probabilidades de construir uma relação sólida do que quem possui gatos, o que contribui igualmente para um maior nível de felicidade. E tal não está apenas relacionado com o seu bicho de estimação, indica Christopher Ingraham, do The Washington Post, que publicou o estudo

"Os dados mostram que os donos de cães, por exemplo, são mais propensos a casar e a ter as suas próprias casas do que os donos de gatos. Ambos os fatores afetam a felicidade e a satisfação pessoal", ressalta o jornal. Aliás, o inquérito demonstra mesmo que quem tem um cão é mais feliz do que quem não tem nenhum animal de estimação. Por outro lado, quem tem um cão é mais extrovertido do que quem possui um gato, denota também o estudo. 

A par com os animais de estimação, fatores como uma maior sociabilidade, capacidade de fazer amizades, nível de atividade física, e menos propensão a estados depressivos, parecem contribuir para pessoas mais felizes, segundo dados analisados pelo site CountryLiving. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.