Escolha as suas informações

Ilovemyshops.lu. Este site ajuda o comércio no Luxemburgo
Viver 23.04.2020

Ilovemyshops.lu. Este site ajuda o comércio no Luxemburgo

Ilovemyshops.lu. Este site ajuda o comércio no Luxemburgo

Viver 23.04.2020

Ilovemyshops.lu. Este site ajuda o comércio no Luxemburgo

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
O novo site tem como objetivo apoiar os comerciantes luxemburgueses a manter clientes, durante este período de pandemia.

Os setores de comércio e restauração são dos mais afetados pela pandemia de covid-19, em todo o mundo. 

No Luxemburgo, este cenário não é exceção e, para contrariar esta tendência, foi criado o site ilovemyshops.lu, pela Editus Luxembourg em parceria com a Kaaftlokal.lu. 

No ilovemyshops.lu, as pessoas"têm todos os meios para os encontrar, localizar, apoiar financeiramente, falar sobre eles", pode ler-se em comunicado. 

No início de abril, foi também lançada a plataforma Nala, criação de oito jovens universitários e empresários como forma de ajudar os pequenos comerciantes neste período de pandemia do coronavírus, onde as lojas estão encerradas e as pessoas isoladas em casa.  




foi lançado esta semana. Uma grande iniciativa para apoiar os comerciantes e restauradores luxemburgueses e ajudar a encontrar os que estão abertos durante este período difícil. A eliminação gradual do confinamento no Luxemburgo é susceptível de deixar os consumidores um pouco perdidos, uma vez que o reinício das actividades está longe de ser generalizado (leia o nosso artigo sobre o que mudou no Luxemburgo desde segunda-feira). As iniciativas estão, portanto, a multiplicar-se para ajudar as pessoas a verem as coisas com mais clareza. Este é o caso do site ilovemyshops.lu. Lançado em 21 de Abril pela Editus Luxembourg em parceria com a Kaaftlokal.lu, tem por objectivo apoiar todos os comerciantes e restauradores afectados pela crise sanitária da Covid19. Neste site (disponível em três línguas; alemão, francês e inglês), os consumidores "têm todos os meios para os encontrar, localizar, apoiar financeiramente, falar sobre eles", resume o comunicado de imprensa. Traduzido com a versão gratuita do tradutor - www.DeepL.com/Translator

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.