Escolha as suas informações

Esch-sur-Alzette inventa a sua própria pizza
Viver 2 min. 07.05.2022
Gastronomia

Esch-sur-Alzette inventa a sua própria pizza

O sabor da singular pizza provavelmente dividirá opiniões.
Gastronomia

Esch-sur-Alzette inventa a sua própria pizza

O sabor da singular pizza provavelmente dividirá opiniões.
Foto: Ville d'Esch-sur-Alzette
Viver 2 min. 07.05.2022
Gastronomia

Esch-sur-Alzette inventa a sua própria pizza

Glenn SCHWALLER
Glenn SCHWALLER
Salame picante, alho, anchovas: os ingredientes da pizza Escher refletem a diversidade da própria cidade.

Os ingredientes da pizza Escher podem exigir um período de adaptação. Mas, recentemente, esta variante invulgar do prato tradicional italiano tem sido oferecida em muitas pizzarias da metrópole da Minette. 

A ideia surgiu no gabinete de assuntos económicos da cidade de Esch. No passado, a pizza era frequentemente servida nos restaurantes da segunda maior cidade do país, como explica o vereador Pim Knaff (DP). Mas até agora, não tinha nome, logo foi a oportunidade perfeita para colocar o selo de Esch nesta singular criação.

O objetivo é melhorar a imagem da cidade e, ao mesmo tempo, apoiar os restaurantes locais que sofreram durante dois anos com as restrições impostas pela pandemia.

Ingredientes refletem a história da imigração de Esch 

Além disso, esta pizza invulgar pretende refletir o carácter multicultural e a história da imigração do município do sul. Se é verdade que a pizza é um prato tradicional italiano, o salame picante é principalmente encontrado no sul de França e Espanha. 

Já as anchovas são principalmente consumidas em Portugal e Espanha, e o alho é uma planta antiga cultivada na grande região em redor do Luxemburgo, sustenta Pim Knaff. O prato combina assim muitas influências culturais, tal como a cidade de Esch.


Esch-sur-Alzette inicia este sábado a sua viagem como Capital Europeia da Cultura.
Uma viagem no tempo pelas ruas de Esch
Uma viagem pela Capital Europeia da Cultura, uma cidade em crescimento, em que quase um terço da população é portuguesa.

Há 15 estabelecimentos a servir a pizza

Inicialmente, a pizza será oferecida sobretudo em Esch. Há 15 pizzarias na metrópole da Minette a participar nesta ação de divulgação, tendo apenas as grandes cadeias de restaurantes como a Domino's recusado participar até agora.

Para que os restaurantes participantes possam promover a pizza Escher, foi desenvolvida uma apresentação visual uniforme sob a forma de cartazes e autocolantes. Futuramente, os residentes encontrarão mais cartazes com a ilustração "Escher Pizza" que estão a ser disponibilizados aos restaurantes participantes. 

Os clientes parecem gostar. Luc Ewen, do gabinete de comunicação da autarquia, afirma que todas as pizzarias participantes que já ofereceram este prato invulgar receberam reações positivas.

Pizza deverá chegar a todo o país

Mas os responsáveis já olharam muito para além das fronteiras da cidade. Numa segunda fase, o plano é tornar a pizza conhecida em todo o país, permitindo aos restaurantes de outras regiões oferecer a pizza Esch nos seus menus. 

Além disso, este não deverá ser o último prato a receber um rótulo Escher. No município do sul, já estão a ser feitos outros planos. "Não vamos parar na pizza, já temos ideias para a época fria", revela Pim Knaff, sem dar mais pormenores. Teremos de esperar até ao próximo inverno para descobrir.

(Este artigo foi originalmente publicado na edição alemã do Luxemburger Wort.)

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.