Escolha as suas informações

Grupo Saint-Paul reforça aposta nos media lusófonos
Viver 2 min. 13.10.2016 Do nosso arquivo online
Contacto e Rádio Latina

Grupo Saint-Paul reforça aposta nos media lusófonos

O diretor-geral do grupo Saint-Paul Luxembourg, Paul Peckels
Contacto e Rádio Latina

Grupo Saint-Paul reforça aposta nos media lusófonos

O diretor-geral do grupo Saint-Paul Luxembourg, Paul Peckels
Foto: Guy Wolff
Viver 2 min. 13.10.2016 Do nosso arquivo online
Contacto e Rádio Latina

Grupo Saint-Paul reforça aposta nos media lusófonos

O Contacto falou com o diretor-geral do grupo Saint-Paul, o maior grupo de comunicação do Luxemburgo, que detém o jornal português. Paul Peckels explicou as mudanças do novo Contacto e apresentou um jornal mais moderno e com temas atuais mais desenvolvidos.

O Contacto falou com o diretor-geral do grupo Saint-Paul, o maior grupo de comunicação do Luxemburgo, que detém o jornal português. Paul Peckels explicou as mudanças do novo Contacto e apresentou um jornal mais moderno e com temas atuais mais desenvolvidos.

O Contacto tem cara nova e novos conteúdos, com o objetivo de refletir a realidade de forma mais profunda. O diretor-geral do grupo Saint-Paul, o maior grupo de comunicação do Luxemburgo, que detém o jornal de língua portuguesa, adianta que “não é apenas o layout que vai mudar, mas também o funcionamento do jornal”.

“As diferentes vagas de emigração trouxeram pessoas que têm outros interesses e o gosto individual também evolui, portanto é preciso adaptar-se, mudar, modernizar-se”, explicou Paul Peckels.

Assim, a ideia é apresentar uma publicação mais moderna, para “fazer do Contacto um semanário e não um diário que é publicado uma vez por semana”. “Os assuntos da atualidade são alvo de uma reflexão mais profunda, haverá mais artigos de fundo sobre o que está na ordem do dia. A internet, neste caso o site do Contacto, transmite a atualidade e o jornal semanário permite colocá-la em perspetiva, para dar um complemento ao leitor, por comparação à simples novidade”, esclareceu.

Para Paul Peckels, a aposta do maior grupo no Grão-Ducado num jornal português é óbvia: “um quarto da população do Luxemburgo fala português”. “São os emigrantes de primeira geração, os seus filhos e netos. Hoje em dia, existem sucessivas vagas de emigração e isso continua com a crise económica de Portugal. Portanto há um interesse muito grande pelos meios de comunicação lusófonos no Luxemburgo, tanto pelo Contacto como pela Rádio Latina”. Mas a aposta não deixa de ser, por outro lado, um desafio para o grupo. “De forma geral, pode dizer-se que os meios de comunicação têm pela frente um grande desafio”, reconheceu. “Cada empresa de edição deverá definir os projetos nos quais quer trabalhar e para o Saint-Paul Luxembourg os media lusófonos são claramente uma aposta importante”, frisou.

A Rádio Latina será, por isso, outro dos investimentos feitos. “O grupo Saint-Paul é o acionista maioritário da Rádio Latina e os investimentos que temos vindo a efetuar no desenvolvimento da rádio são feitos dentro da mesma lógica dos do Contacto. A Rádio Latina é uma marca já bem estabelecida junto da população lusófona, o que para nós constitui uma boa base para continuar a apostar no seu desenvolvimento”.

Quanto ao montante do investimento, Peckels prefere não avançar um montante concreto, já que muitas das alterações foram feitas dentro do grupo. “Pedimos a um especialista para nos ajudar no design, foram feitos estudos de mercado junto dos leitores, mas não há um valor concreto com que possa avançar. São as despesas correntes na modernização de um jornal”.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O jornal de língua portuguesa do grupo Saint-Paul Luxembourg foi distinguido, esta quinta-feira, com o prémio de melhor jornal europeu na categoria "jornal local", atribuído pelo European Newspaper Award que o considerou: um jornal muito moderno no coração da Europa.
A equipa do Contacto em tempos de distanciamento social.
A Rádio Latina consolidou a sua liderança junto da população portuguesa aumentando para mais do dobro a distância em relação à segunda rádio mais ouvida, registando uma Audiência Acumulada de Véspera (principal indicador do mercado de rádio) de 36%.
O grupo líder da imprensa no Grão-Ducado, Saint-Paul, vai mudar de sede. O jornal Luxemburger Wort, a Rádio Latina e o CONTACTO vão deixar as instalações em Gasperich e passar para Howald. A mudança deverá ter lugar em 2021.
O novo edifício do Wort vai ter 5.676 m2 e vai acolher 300 trabalhadores
Ex-ministro à frente de editor do CONTACTO
O antigo ministro das Finanças foi hoje nomeado presidente do grupo Saint Paul Luxembourg, editor do semanário CONTACTO e accionista maioritário da Rádio Latina.
Luc Frieden will take up the role from February 1, 2016, succeeding outgoing chief Erny Gillen.