Escolha as suas informações

Animais na estrada. Como devem reagir os condutores
Viver 08.12.2020

Animais na estrada. Como devem reagir os condutores

Schäferei - Florian Weber

Animais na estrada. Como devem reagir os condutores

Schäferei - Florian Weber
Foto: Pierre Matgé
Viver 08.12.2020

Animais na estrada. Como devem reagir os condutores

Susy MARTINS
Susy MARTINS
A polícia grã-ducal alerta os automobilistas sobre os cuidados a ter.

O atropelamento de um animal na estrada pode causa danos graves, tanto para o condutor como para o animal: a morte do animais, estragos na viatura, ocupantes em choque. Com a estação de inverno a chuva, neve ou nevoeiro reduzem a visibilidade dos condutores, resultando em mais acidentes deste tipo. A polícia grã-ducal alerta os automobilistas sobre os cuidados a ter: 

  1. Redobre os cuidados: Conduza a velocidade moderada e esteja atento aos sinais. As autoridades policiais dão como exemplo a caça. Se houver caça, há sinalização na estrada, o que pode indiciar que um animal pode fugir para a estrada. 
  2. No caso de se avistar um porco-bravo ou um cervo no meio da estrada, lembre-se que estes animais raramente estão sozinhos, podendo haver mais alguns que seguem a trajetória. A melhor solução será buzinar para alertar os animais, de forma a que eles possam fugir para o meio da floresta ou do campo. 
  3. Se a colisão for inevitável, o condutor deve tentar manter o volante direito para evitar bater contra uma árvore ou mesmo uma viatura em sentido contrário. 
  4. Após a colisão, não se deve tocar ou transportar o animal. O acidente dever ser comunicado logo de seguida às autoridades, de forma a garantir a segurança dos outros automobilistas no local.   

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas