Jessica Lopes no confessionário

Jessica Lopes nasceu no Luxemburgo mas vive em Lisboa desde 2014. Faz parte da direção da Associação Solidariedade Imigrante (SOLIM), uma organização que se bate pelos direitos dos estrangeiros. Mais

“Discover Luxembourg 2017” Rally pedestre para descobrir o Luxemburgo

O rally pedestre urbano “Discover Luxembourg”, organizado pelo Serviço de Turismo da Cidade do Luxemburgo (LCTO) realiza-se este sábado (9), na cidade do Luxemburgo. Mais

Carlos Tourinho de Abreu no confessionário

Carlos Tourinho de Abreu nasceu em Salvador da Bahia na década de 1970 e vive no Grão-Ducado há cerca de oito anos. O escritor, que trabalha na Universidade do Luxemburgo, venceu o prémio Clube de Autores com o seu segundo romance, “Ventos para Areia Branca”. Mais

Ainhoa Achutegui no confessionário

Ainhoa Achutegui é a diretora do centro cultural Neimënster, na capital. De ascendência basca (daí o nome Ainhoa, que chegou a ser proibido por Franco), nasceu em Caracas, na Venezuela, e cresceu em Viena. Mais

Smartphone "What's up! Luxembourg" ganha popularidade

"What's Up! Luxembourg" é uma aplicação que permite aos seus utilizadores saber quais os eventos a decorrer no Luxemburgo e na Grande Região e também criar os seus próprios eventos. Mais

Anabela e Jorge Valente no confessionário

Anabela e Jorge Valente

Depois de uma viagem de moto de seis meses através da América do Sul, Anabela e Jorge Valente decidiram lançar a revista diariesof, que relata experiências de viagens. Há quase dois anos, os dois decidiram deixar os seus empregos para se dedicarem à revista a tempo inteiro. Mais

Nuno Camarneiro no confessionário

Nuno Camarneiro

O escritor Nuno Camarneiro nasceu na Figueira da Foz, em 1977. Publicou o seu primeiro romance em 2011, “No Meu Peito Não Cabem Pássaros”. Dois anos depois, venceu o Prémio Leya – o maior prémio português, em termos pecuniários – com “Debaixo de Algum Céu”. Mais

OPINIÃO: O que era um leão?

Más notícias: estamos a destruir o planeta Terra. Já chega de complexo de avestruz, fazendo de conta que nada se passa, desejando com muita força que todos os sinais sejam apenas uma coincidência ou um embuste. Basta. Começa a restar pouco tempo para evitar o ponto de não retorno. Mais

A melhor francesinha do Luxemburgo

O restaurante O Emigrante em Esch-sur-Alzette surpreende quem o visita pela cozinha tipicamente portuguesa, de salientar as deliciosas francesinhas, pelo atendimento familiar e pela comida caseira. Mais

Mili-Tasch Fernandes no confessionário

 Mili-Tasch Fernandes foi a primeira portuguesa a trabalhar nas instituições europeias, ainda antes de Portugal aderir à então CEE.

Mili Tasch-Fernandes chegou ao Luxemburgo em 1966, com 17 anos. Foi a primeira portuguesa a trabalhar nas instituições europeias, ainda antes de Portugal aderir à então CEE. Mais