Escolha as suas informações

WhatsApp só para maiores de 16 anos
Sociedade 25.04.2018 Do nosso arquivo online

WhatsApp só para maiores de 16 anos

WhatsApp só para maiores de 16 anos

Sociedade 25.04.2018 Do nosso arquivo online

WhatsApp só para maiores de 16 anos

A plataforma WhatsApp, propriedade da rede social Facebook, confirmou hoje que passa de 13 para 16 anos a idade mínima para os utilizadores poderem fazer o registo na Europa.

Uma nova versão da aplicação estará pronta em maio, desenvolvida pela WhatsApp Ireland Ltd, uma nova entidade criada para operar a partir de Dublin, onde o Facebook também tem a sede das operações europeias.

"No mês que vem, a União Europeia (UE) atualizará as leis de privacidade para conferir uma maior transparência sobre o uso da informação das pessoas. Temos atualizado as nossas Condições de Serviço e Política de Privacidade, em conformidade com o Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD), que entrará em vigor", explicou a plataforma WhatsApp.

A partir do próximo mês, cada vez que um utilizador tentar instalar o aplicativo deverá confirmar que tem, pelo menos, 16 anos, se bem que a companhia não tenha dado mais detalhes sobre como prevê verificar a informação.

"Com esta atualização, não estamos a solicitar novas autorizações para compilar informação pessoal. O nosso objetivo é simplesmente explicar como usamos e protegemos os dados sobre a pessoa", assinalou WhatsApp.

A plataforma WhatsApp tem mais de 1.500 milhões de utilizadores, segundo dados do passado mês de janeiro.

A empresa, criada em 2009, reiterou que não está a "partilhar as informações de conta para melhorar a experiência com o produto" ou "publicidade no Facebook", uma das principais preocupações dos legisladores comunitários.

O anúncio de WhatsApp sucede semanas depois do escândalo da filtração de dados de Facebook à Cambridge Analytica, para influir supostamente em cenários como as últimas eleições nos Estados Unidos ou o referendo sobre a saída do Reino Unido da União Europeia.

Para cumprir com as normas do RGPD, o Facebook está também a introduzir mudanças na sua política de segurança e privacidade, pelo que os menores de idades compreendidas entre 13 e 15 anos poderão continuar a utilizar a rede social sem apresentar autorização dos progenitores ou de um adulto designado.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O Facebook admitiu à Comissão Europeia que os dados de "até 2,7 milhões" de utilizadores daquela rede social a residir na União Europeia possam ter sido transmitidos de "maneira inapropriada" à empresa britânica Cambridge Analytica. No Luxemburgo, o desvio de dados pessoais de utilizadores do Facebook poderá ter afetado 2.645 pessoas. Em Portugal foram cerca de 63 mil.
(FILES) In this file photo taken on March 22, 2018 a cellphone and a computer screen display the logo of the social networking site Facebook in Asuncion.
Up to 2.7 million people in the European Union may have been affected by the Facebook personal data scandal, the bloc announced April 6, saying they would demand further answers from the social media giant. / AFP PHOTO / NORBERTO DUARTE
O Facebook vai lançar, nas próximas semanas, medidas para dar mais privacidade aos utilizadores, afirmando que "percebeu claramente" que as ferramentas disponíveis "são difíceis" de encontrar e que "tem de fazer mais" para informar os utilizadores da rede social.