Escolha as suas informações

Vem aí uma vacina contra a alergia a gatos
Sociedade 14.08.2019

Vem aí uma vacina contra a alergia a gatos

Vem aí uma vacina contra a alergia a gatos

Foto: Shutterstock
Sociedade 14.08.2019

Vem aí uma vacina contra a alergia a gatos

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
E a grande novidade é que os os animais é que são injetados.

A alergia a gatos é das mais comuns quando se trata de animais. Esta pode ser uma situação prestes a mudar. A taxa de pessoas afetadas aumentou nas últimas décadas, com cerca de 30 por cento da população da Europa Ocidental a passar por isso. Não existe cura para esta alergia ainda que a imunoterapia, que lentamente expõe os doentes a pequenas doses de um alergénio, atenua um pouco as reacções.   

A alergia é causada pela proteína Fel-d1, que existe nos pêlos dos gatos. Quando a proteína entra nas vias respiratórias, desencadeia a libertação de histamina, que existe no sistema imunitário para defender o corpo quando este pensa que está "em perigo". É esta resposta que causa sintomas - espirros, tosse, comichão, nariz a pingar - e não a própria proteína.

A vacina demorou quase uma década a ser desenvolvida. Chama-se HypoCat e consegue neutralizar a Fel-d1, sendo o próprio sistema imunológico do gato atacá-la e destruí-la. Cientistas do Hospital Universitário de Zurique, Suíça, garantem que todos os 54 gatos injetados produziram os anticorpos necessários para destruir a proteína. A vacina pode estar no mercado dentro de três anos.

Pesquisas mostram que as taxas de alergia a gatos aumentaram nas últimas décadas, com cerca de 30 por cento da população da Europa Ocidental a sofrer com isso. Actualmente não existe cura para a alergia, embora a imunoterapia - que lentamente expõe os doentes a pequenas doses de um alergénio - possa atenuar quaisquer reacções.