Escolha as suas informações

Vaticano sancionou ex-bispo timorense Ximenes Belo em 2020
Sociedade 29.09.2022
Igreja Católica

Vaticano sancionou ex-bispo timorense Ximenes Belo em 2020

Ximenes Belo reside atualmente em Portugal.
Igreja Católica

Vaticano sancionou ex-bispo timorense Ximenes Belo em 2020

Ximenes Belo reside atualmente em Portugal.
Foto: Lusa/Arquivo
Sociedade 29.09.2022
Igreja Católica

Vaticano sancionou ex-bispo timorense Ximenes Belo em 2020

Lusa
Lusa
O comunicado da Santa Sé surge no seguimento de alegações de abusos sexuais perpetrados pelo também Nobel da Paz nos anos 1990.

O Vaticano anunciou esta quinta-feira ter imposto sanções disciplinares ao bispo timorense Ximenes Belo nos últimos dois anos, após alegações de que o Nobel da Paz teria abusado sexualmente de menores no seu país nos anos 1990.

Em comunicado, o porta-voz do Vaticano diz que o gabinete que lida com casos de abuso sexual recebeu alegações “sobre o comportamento do bispo” em 2019 e, no prazo de um ano, tinha imposto sanções.

Estas sanções incluem limites aos movimentos do bispo e ao exercício do seu ministério, bem como a proibição de manter contactos voluntários com menores ou com Timor-Leste.

Estas medidas foram “modificadas e reforçadas” em novembro de 2021 e em ambas as ocasiões Ximenes Belo aceitou formalmente o castigo, acrescenta-se no comunicado, do porta-voz Matteo Bruni.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.