Escolha as suas informações

Vacinação em massa nos EUA. Metade dos adultos já recebeu pelo menos a primeira dose
Sociedade 18.04.2021

Vacinação em massa nos EUA. Metade dos adultos já recebeu pelo menos a primeira dose

 Gardena, California.

Vacinação em massa nos EUA. Metade dos adultos já recebeu pelo menos a primeira dose

Gardena, California.
AFP
Sociedade 18.04.2021

Vacinação em massa nos EUA. Metade dos adultos já recebeu pelo menos a primeira dose

Lusa
Lusa
Cerca de 130 milhões de pessoas, o que equivale a metade da população adulta dos Estados Unidos, já recebeu pelo menos uma dose da vacina contra a covid-19, anunciou hoje a administração norte-americana.

Segundo os dados do Centro para o Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, quase 84 milhões de adultos, o que representa 32,5% da população, foram já totalmente vacinados contra o vírus SARS-CoV-2.

Os Estados Unidos ultrapassaram a marca de 50% dos adultos vacinados um dia após o número de mortes por covid-19 ter superado os três milhões em todo o mundo, de acordo com dados avançados pela Universidade Johns Hopkins.

De acordo com esta instituição, o país é o mais afetado pela covid-19 a nível mundial, tanto no número de mortos, que já ultrapassou os 566 mil, como no de casos de infeções, mais de 31,6 milhões desde o início da pandemia.

Também hoje o consultor da administração norte-americana para a pandemia, Anthony Fauci, referiu que a vacina da Johnson & Johnson (J&J), que está suspensa nos Estados Unidos e na Europa, deverá voltar a ser administrada nos próximos dias, possivelmente "com restrições".

Em declarações ao canal ABC, o médico Anthony Fauci adiantou que a decisão dos especialistas sobre a retoma da utilização desta vacina contra a covid-19 de toma única, suspensa desde a última semana, deverá ser conhecida até sexta-feira.

"Não acho que a pausa continuará depois de sexta-feira. Provavelmente teremos uma decisão até lá", disse Anthony Fauci, referindo-se ao painel de especialistas que está a avaliar as possíveis ligações entre esta vacina e a formação de coágulos sanguíneos graves em pessoas que a receberam.

Mais de 6,8 milhões de doses da vacina da J&J foram administradas nos Estados Unidos.

O Centro para Controlo e Prevenção de Doenças e a Food and Drug Administration (entidade reguladora de alimentos e medicamentos dos Estados Unidos) avançaram, numa declaração conjunta, estar a investigar coágulos sanguíneos detetados em seis mulheres nos dias a seguir a terem tomado a vacina desta farmacêutica, em combinação com contagens de plaquetas reduzidas.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas