Escolha as suas informações

Vários casos de picadas 'misteriosas' na Marcha do Orgulho de Bruxelas
Sociedade 2 min. 24.05.2022
Bélgica

Vários casos de picadas 'misteriosas' na Marcha do Orgulho de Bruxelas

Bélgica

Vários casos de picadas 'misteriosas' na Marcha do Orgulho de Bruxelas

Foto: Nicolas Maeterlinck/Belga/AFP
Sociedade 2 min. 24.05.2022
Bélgica

Vários casos de picadas 'misteriosas' na Marcha do Orgulho de Bruxelas

Maria MONTEIRO
Maria MONTEIRO
Esta segunda-feira, a organização do Belgian Pride revelou que foram relatados vários casos do fenómeno depois do evento, que reuniu mais de 120 mil pessoas no sábado passado, nas ruas da capital belga.

Em declarações à RTBF, o coordenador do Belgian Pride afirmou que "é difícil determinar [com precisão] em que parte do percurso foram dadas as injeções, mas as situações reportadas até agora apontam para o Mont des Arts, onde se juntou um grande aglomerado de pessoas. "Muitas vezes [isto acontece em lugares] onde há multidões", explicou.

De acordo com Xavier Wyns, a organização quis "tranquilizar a grande maioria dos participantes" com o comunicado publicado esta segunda-feira nas redes sociais. "Em mais de 120 mil pessoas, foram registados menos de dez casos", sublinhou à televisão pública.

Por outro lado, os responsáveis querem "encorajar outras pessoas que possam ter sido afetadas a ir para o hospital para serem monitorizadas" e a apresentarem queixa junto das autoridades.


Desde o início de abril, foram registados cerca de 60 incidentes em discotecas em França. No Luxemburgo não há registo de casos até à data.
"Náuseas e tonturas". Picadas misteriosas em discotecas causam preocupação em França
Desde o início de abril foram registados cerca de 60 incidentes em discotecas em França. Por enquanto, o Luxemburgo não tem registo destes casos.

Incidente semelhante relatado num jogo de futebol

O Belgian Pride pretende, ainda, apelar à vigilância de todos os participantes para que seja mais fácil "quantificar os factos" e "reagir em antecipação nas restantes marchas do orgulho LGBTI este verão, na Europa", prevenindo-se situações semelhantes. 

Segundo o The Brussels Times, um incidente semelhante terá ocorrido no mesmo dia, num jogo de futebol da primeira divisão belga no estádio AFAS, em Mechelen, perto de Antuérpia. Dirk Van de Sande, da polícia de Mechelen-Willebroek, revelou que "14 pessoas se sentiram mal, a maioria mulheres, mas também alguns homens e menores". "As vítimas falaram-nos de um incidente com picadas", precisou.

De acordo com uma testemunha, uma jovem desmaiou de repente e foi levada pelos serviços de emergência, que acorreram em massa ao estádio para assistir as vítimas. Pouco depois, outra pessoa ter-se-á sentido mal e outra jovem terá ficado inconsciente. "Foi muito assustador, porque não sabíamos qual a causa exata da situação", referiu à flamenga VTM Nieuws.

Onda de picadas afeta França e Bélgica

Dirk Van de Sande revelou, ainda, que a polícia abriu uma investigação na noite de sábado e espera obter mais informações através dos relatórios médicos e das imagens de videovigilância do jogo. Segundo o The Brussels Times, oito das vítimas foram levadas para o hospital, mas não foram encontrados vestígios de drogas nas suas análises de sangue.


Mais quatro queixas em caso de “picadas” misteriosas na Bélgica
Há 11 testemunhos de raparigas que dizem ter sido drogadas numa festa em Dampicourt, na província belga do Luxemburgo.

Uma onda inexplicável de picadas, relacionadas com a injeção de drogas sem consentimento, tem afetado discotecas, bares e festivais em toda a França nos últimos meses e está igualmente a ser investigada na Bélgica, depois de 11 raparigas, incluindo quatro menores, terem relatado uma experiência semelhante numa festa na província do Luxemburgo.

Ao Contacto, o Ministério da Saúde luxemburguês referiu que "por enquanto nada se sabe" sobre casos do género no Grão-Ducado.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.