Escolha as suas informações

Última homenagem ao rapper Puto G junta 300 pessoas em Esch-sur-Alzette

Última homenagem ao rapper Puto G junta 300 pessoas em Esch-sur-Alzette

Sociedade 18 05.07.2018

Última homenagem ao rapper Puto G junta 300 pessoas em Esch-sur-Alzette

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Cerca de 300 pessoas marcaram presença, esta quarta-feira, na última homenagem ao rapper de origem cabo-vediana Puto G que morreu afogado no lago de Remisch, no sábado.

A iniciativa, de amigos e fãs do músico de 27 anos, teve lugar no memorial dos mortos pela pátria, em frente à escola do Brill, em Esch-sur-Alzette e ficou marcada pelos balões brancos, velas acesas e flores. O funeral de Puto G vai ter lugar esta quinta-feira, na Amadora, disse ao Contacto fonte próxima da família.

O rapper, de nome José Carlos Cardoso, cresceu no bairro da Cova da Moura, na Amadora, onde foi rodado o filme “A esperança está onde menos se espera” (2009), de Joaquim Leitão, no qual foi um dos moradores convidados para um dos principais papéis.

O corpo foi transportado na terça-feira para Portugal, onde tem família, incluindo um filho de três anos. Puto G deixou Portugal há quatro anos para vir trabalhar no Luxemburgo, mas morava em Athus, do outro lado da fronteira belga.

Tido como um dos atuais nomes do rap cabo-verdiano, Puto G era conhecido no meio luxemburguês, onde dava alguns concertos, em Portugal e Cabo Verde.

"Não há provas contrárias a acidente"

Dado como desaparecido pelos amigos no sábado, por volta das 16h, o corpo só viria a ser encontrado três horas depois, pelos mergulhadores da proteção civil.

Depois de instaurada uma investigação, a Procuradoria de Estado (Parquet) disse que a morte foi "acidental", razão pela qual não foi feita a autópsia.

"Depois do que a polícia constatou no local, a Procuradoria concluiu que não houve indícios contrários a uma tese de acidente. Foi por isso que a Procuradoria não pediu uma autópsia. Esta manhã falei com o juiz que se ocupou do caso e ele disse-me que não surgiram outros elementos depois daqueles do fim de semana. A tese de acidente continua a vigorar", disse ao contacto a porta-voz da Procuradoria, Diane Klein.

Questionada se foram retiradas amostras de sangue, Diane Klein confirmou, mas os resultados não podem ser divulgados. "Sim, houve, mas os resultados não serão divulgados em praça pública".


Notícias relacionadas

Mixtape com músicas de Puto G vai ser lançada este ano
Depois do funeral na quinta-feira, na Amadora, e da homenagem no Luxemburgo, na quarta-feira, os fãs do rapper Puto G podem contar com uma boa notícia. O músico e produtor luxemburguês Kevin Michaux, vai lançar este ano uma mixtape (compilação) com músicas de Puto G.
Puto G
Gerência do lago de Remerschen diz que morte de Puto G foi acidente
Depois de vários fãs no rapper Puto G terem levantado a questão de uma alegada falta de segurança no lago de Remerschen, os responsáveis do centro de lazer descartam responsabilidades na morte de Puto G. O Ministério do Interior diz também que é um caso de responsabilidade civil.