Escolha as suas informações

UE não cumpre. Metas climáticas até 2030 exigem esforços redobrados dos 28
Sociedade 04.12.2019

UE não cumpre. Metas climáticas até 2030 exigem esforços redobrados dos 28

UE não cumpre. Metas climáticas até 2030 exigem esforços redobrados dos 28

Foto: AFP
Sociedade 04.12.2019

UE não cumpre. Metas climáticas até 2030 exigem esforços redobrados dos 28

União Europeia pede maior comprometimento dos estados membros para cumprir meta de 40% para reduzir as emissões de gases de estufa até 2030.

A União Europeia (UE) declarou que não conseguirá cumprir até 2030 as metas de redução dos gases com efeito estufa, salvo se os Estados membros fizerem um maior esforço em relação ao que tem sido feito até agora.

A Agência Europeia do Meio Ambiente disse hoje que as medidas existentes colocam a UE no caminho de reduzir as suas emissões em 30% na próxima década, em comparação com os níveis de 1990.


COP25. Emergência climática, o que andámos para aqui chegar
Entre a última Cimeira Especial para a Ação Climática, que decorreu no final de Setembro em Nova Iorque, e a COP25 (de 2 a 13 de Setembro, em Madrid) deram-se alguns passo. O conceito ‘emergência climática’ acaba de entrar na agenda da União Europeia, não apenas nos discursos. É "a prioridade" e é "para já" dizem os responsáveis políticos, com medidas concretas a caminho. E as instituições também já começaram a tomar medidas. Veja as ações mais importantes dos últimos dois meses.

Atualmente, o bloco de 28 países tem uma meta de 40% até 2030, sendo que alguns até pediram que essa meta fosse aumentada para 55%.

Este relatório foi divulgado numa altura quando quase 200 países estão reunidos em Madrid para discutir as alterações climáticas.

A Cimeira sobre as Alterações Climáticas, conhecida como COP25, irá decorrer até 13 de dezembro na capital espanhola.

Lusa


Notícias relacionadas

Madrid. Última chamada para salvar o planeta
Começou hoje em Madrid a Cimeira do Clima que dura até 13 de dezembro e que pretende concretizar e alargar os objetivos do Acordo de Paris para defender um planeta que se encaminha para um aumento da temperatura média de 3,5ºC.