Escolha as suas informações

Três migrantes passam 11 dias escondidos no leme de um petroleiro
Sociedade 29.11.2022
Migrações

Três migrantes passam 11 dias escondidos no leme de um petroleiro

Migrações

Três migrantes passam 11 dias escondidos no leme de um petroleiro

Twitter
Sociedade 29.11.2022
Migrações

Três migrantes passam 11 dias escondidos no leme de um petroleiro

Redação
Redação
A guarda costeira conseguiu resgatar estes homens oriundos da Nigéria e que queriam chegar para chegar às Canárias. Apresentavam sinais de desidratação e hipotermia, após tantos dias em alto mar.

A guarda costeira espanhola conseguiu resgatar três migrantes nigerianos com vida, depois de terem sobrevivido a 11 dias em alto mar no leme de um petroleiro. 

O Alithini II, com bandeira do Mali, chegou a Las Palmas, nas Ilhas Canárias,  na segunda-feira à tarde, após uma viagem de 11 dias que começou em Lagos, na Nigéria.

Os migrantes foram levados para o porto e atendidos pelos serviços de saúde de imediato, uma vez que apresentavam sinais de desidratação e hipotermia, revelou a Guarda Costeira espanhola no Twitter.  

História repete-se

As chegadas de migrantes às Canárias através da travessia pelo norte de África aumentaram dramaticamente desde os finais de 2019, após um aumento dos controlos nas rotas mediterrânicas. Em outubro de 2020, quatro pessoas foram recolhidas no leme de um petroleiro de Lagos, escondendo-se durante 10 dias antes de serem descobertas pela polícia quando o navio entrou em Las Palmas.

Dados das autoridades espanholas, citados pela Bloomberg, mostram que a migração por mar para o arquipélago das Canárias aumentou 51% nos primeiros cinco meses do ano, em comparação com o ano anterior.

Segundo dados da Organização Internacional para as Migrações (OIM), este ano já chegaram à Europa, através do Mar Mediterrâneo, mais de 132 mil pessoas. Mais de 2.400 são dadas como desaparecidas mortas.

(Com agências*)

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.