Escolha as suas informações

Suíça impõe quarentena obrigatória aos residentes do Luxemburgo
Sociedade 22.07.2020 Do nosso arquivo online

Suíça impõe quarentena obrigatória aos residentes do Luxemburgo

Suíça impõe quarentena obrigatória aos residentes do Luxemburgo

Foto: Shutterstock
Sociedade 22.07.2020 Do nosso arquivo online

Suíça impõe quarentena obrigatória aos residentes do Luxemburgo

Já é oficial. Os residentes no Grão-Ducado que decidam passar férias na Suíça vão mesmo ter de ficar em isolamento. Têm de anunciar a chegada com dois dias de antecedência.

Na lista dos países de "alto risco", os residentes no Grão-Ducado vão mesmo ser obrigados a ficar em quarentena, durante 10 dias, caso decidam passar férias na Suíça. 

Anunciada na terça-feira pelo ministério dos Negócios Estrangeiros suíço, a medida já foi aprovada no parlamento e entra em vigor a partir desta quinta-feira, 23 de julho, à meia-noite. A chegada ao país tem de ser anunciada às autoridades locais com dois dias de antecedência. "Previsível", classificou a ministra da Saúde, Paulette Lenert.


Os países que colocaram o Luxemburgo na "lista negra"
Com o aumento de casos confirmados de covid-19, cada vez mais países acreditam que o Luxemburgo é um país de risco.

"Os países têm os seus critérios, e nós dependemos da forma como são vistos. Somos de opinião que não só o número de infecções por dia deve ser tido em conta, mas também outros dados, tais como a taxa de mortalidade, que é baixa no Luxemburgo", fez questão de realçar quando questionada durante a conferência de imprensa. 

Há excepções à regra

Tal como acontece com a Bélgica, por exemplo, a simples passagem pela Suíça não implica qualquer período de isolamento. 

Aqueles que entram na Suíça diariamente ou apenas por um máximo de cinco dias, para trabalhar (com um certificado da entidade patronal) ou por razões médicas imperativas sem possibilidade de adiamento, também não são afectados por esta quarentena.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.