Escolha as suas informações

Sondagem. Maioria dos leitores do Contacto concorda com apps de rastreamento da covid-19
Sociedade 26.05.2020

Sondagem. Maioria dos leitores do Contacto concorda com apps de rastreamento da covid-19

Sondagem. Maioria dos leitores do Contacto concorda com apps de rastreamento da covid-19

Foto: AFP
Sociedade 26.05.2020

Sondagem. Maioria dos leitores do Contacto concorda com apps de rastreamento da covid-19

Redação
Redação
Quase metado dos participantes da sondagem vê com bons olhos a utilização de uma aplicação de restreamento dos infetados com o coronavírus.

Cerca de metade (47%) dos leitores do Contacto concordam com o lançamento de uma aplicação móvel para rastreamento de pessoas infetadas com covid-19.

Mas as opiniões estão divididas,  já que 44% dos leitores, que responderam a esta sondagem, rejeitam a hipótese de lançamento de uma aplicação que localize os contaminados com o coronavírus.

Os restante 8% dos inquiridos não têm opinião formada sobre o tema.

Cinco países europeus, incluindo Portugal, defenderam recentemente que as aplicações de rastreamento à covid-19 podem "desempenhar um papel importante" para a saída da crise, sendo o "desafio atual" desenvolver soluções técnicas eficazes além fronteiras dos Estados-membros. 

Num debate recente com militantes do PS, o primeiro-ministro, António Costa, admitiu mesmo que cada cidadão receberia um aviso se estivesse em contacto com alguém contaminado com covid-19. Mas garantiu que as autoridades portuguesas não teriam acesso à identificação dos utilizadores.


Covid-19. Bettel não quer app móvel que deteta proximidade de infetados
Aplicações móveis que assinalam os infetados nas proximidades foram desenvolvidas na China e Coreia do Sul.

No Luxemburgo, o primeiro-ministro, Xavier Bettel quando questionado pelos jornalistas, não se mostrou favorável ao lançamento desta ferramento no Grão - Ducado.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas