Escolha as suas informações

Sismo na Grécia faz uma vítima mortal e vários feridos
Sociedade 13 2 min. 27.09.2021
Creta

Sismo na Grécia faz uma vítima mortal e vários feridos

Ilha de Creta
Creta

Sismo na Grécia faz uma vítima mortal e vários feridos

Ilha de Creta
AFP
Sociedade 13 2 min. 27.09.2021
Creta

Sismo na Grécia faz uma vítima mortal e vários feridos

AFP
AFP
Após o tremor principal, o observatório de Atenas registou mais de 30 tremores secundários em cinco horas, os maiores dos quais de magnitude 4,6.

Maria gritou "saiam, não fiquem nas casas", enquanto corria para fora da sua, que já estava danificada pelo terramoto que aconteceu em Arkalochori, esta segunda-feira. A terra tremeu às 09:17h nesta comunidade agrícola de 10 mil pessoas a cerca de 30 quilómetros de Heraklion, a capital de Creta, a maior ilha da Grécia. Uma pessoa morreu e 11 ficaram feridos, avançam as autoridades. 

Cerca de trinta tremores de terra seguiram-se a este terramoto, que teve uma magnitude de 5,8, de acordo com o Observatório Geodinâmico de Atenas. Janelas de entulho e janelas partidas espalharam-se pelas estradas de Arkalochori e pela aldeia vizinha de Meleses, onde grandes secções de edifícios antigos ruíram, de acordo com um fotógrafo da AFP. 

Um trabalhador da construção civil foi morto instantaneamente enquanto trabalhava numa pequena igreja e o telhado desabou. "Onze pessoas foram hospitalizadas, na sua maioria com ossos partidos, duas das quais foram transferidas para o hospital de Heraklion", disse à AFP uma porta-voz dos serviços de emergência. 

No centro de Arkalochori, os residentes assustados saíram à pressa. Evangelia Christaki, 62 anos, está debaixo de uma árvore a cuidar do marido e da sogra, de 96, cuja casa foi totalmente destruída. "Na altura do terramoto, eu estava em minha casa, tudo caiu, levei o meu marido e saímos", disse Christaki, funcionária de um supermercado próximo, à AFP. "Felizmente, a nossa casa não foi muito danificada, mas as autoridades disseram-nos para ficarmos lá fora durante as próximas horas. Estamos tão assustados de qualquer forma", continuou. 

O epicentro do tremor de terra de 10 km foi registado 23 km a sul de Heraklion e 346 km a sul da capital grega, de acordo com o Observatório Geodinâmico de Atenas. Após o tremor principal, o observatório de Atenas registou mais de 30 tremores secundários em cinco horas, os maiores dos quais de magnitude 4,6.

"Foi um sismo inesperado", disse o sismólogo Efthymis Lekkas, presidente da agência de proteção contra sismos, citado pela agência noticiosa grega ANA. O Ministro da Protecção Civil Christos Stylianides, acompanhado pelo Sr. Lekkas e por uma equipa dos Serviços de Catástrofes (Emak), deslocou-se ao local. Só em Arkalochori, dezenas de casas velhas ou abandonadas ruíram, Spyros Georgiou, chefe do gabinete de imprensa da Protecção Civil, disse à AFP, que estava à disposição para fazer o levantamento dos danos. 

A Grécia é atravessada por grandes falhas geológicas e os terramotos são comuns. O último terramoto mortal ocorreu a três de março na Grécia central, em Elassona, matando uma pessoa e ferindo dez. A 30 de outubro de 2020, um terramoto de magnitude 7 abalou o Mar Egeu entre a ilha grega de Samos e a cidade turca de Izmir, matando 114 pessoas na Turquia e duas em Samos.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O número de vítimas mortais de um sismo registado na sexta-feira na ilha de Celebes, na Indonésia, subiu para 60, informaram hoje as autoridades, indicando que prosseguem as buscas de sobreviventes nos escombros.
O sismo de magnitude 6,4 na escala de Richter hoje sentido na Croácia, em particular na cidade de Petrinja (centro), provocou um número ainda indeterminado de mortos e de feridos naquela zona, avançou o autarca local, Darinko Dumbovic.