Escolha as suas informações

Simone Biles. "Culpo o sistema que permitiu os abusos de Nassar"
Sociedade 2 16.09.2021
Julgamento abuso sexual

Simone Biles. "Culpo o sistema que permitiu os abusos de Nassar"

Simone Biles
Julgamento abuso sexual

Simone Biles. "Culpo o sistema que permitiu os abusos de Nassar"

Simone Biles
AFP
Sociedade 2 16.09.2021
Julgamento abuso sexual

Simone Biles. "Culpo o sistema que permitiu os abusos de Nassar"

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
A ginasta Simone Biles testemunhou perante o Senado sobre os abusos que sofreu nas mãos do ex-médico da equipa, Larry Nassar.

Na passada quarta-feira, Simone Biles testemunhou perante o Comité Judicial do Senado dos Estados Unidos sobre os abusos sexuais que ela e as colegas sofreram por parte de Larry Nassar, antigo médico da equipa nacional de ginástica.  

Simone foi clara: todos são culpados. "Eu culpo Larry Nasser e também culpo todo um sistema que possibilitou e perpetrou estes abuso", disse Biles, visivelmente perturbada. 

A ginasta norte-americana culpou a USA Gymnastics, o Comité Olímpico e Paralímpico do país, que "sabiam que estava a sofrer abusos por parte do médico da equipa". "Se permitem que um predador machuque as crianças, as consequências serão rápidas e graves", acrescentou. 

Estendeu ainda a responsabilidade ao FBI de Indianápolis e ao tratamento inadequado que deram às denúncias. É essa conduta que o Comité do Senado está agora a investigar, depois ter vindo a público um relatório interno do Departamento de Justiça, onde foram identificados erros graves dentro do FBI que causou uma pausa de oito meses na investigação dos abusos. 

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

Para além de Biles, também testemunharam as atletas McKayla Maroney, Aly Raisman e Maggie Nichols. Maroney disse que se sentiu traída pelos agentes do FBI por não investigarem Nassar, apesar dos seus relatos de abuso sexual. "Na verdade, ele revelou ser mais pedófilo do que médico", disse ao Comité. 

O ex-médico da equipa de ginástica cumpre agora uma sentença de prisão perpétua pelo abuso sexual de pelo menos 330 jovens e por pornografia infantil. 

O documentário "Athlete A", disponível na Netflix, acompanha toda a história, com relatos emocionantes das vítimas e culmina na sentença proferida em 2018. 

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.





Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.