Escolha as suas informações

Sabe tudo sobre os testes em larga escala? Teste os seus conhecimentos
Sociedade 3 min. 03.03.2021

Sabe tudo sobre os testes em larga escala? Teste os seus conhecimentos

Sabe tudo sobre os testes em larga escala? Teste os seus conhecimentos

Foto: Guy Wolff/Luxemburger Wort
Sociedade 3 min. 03.03.2021

Sabe tudo sobre os testes em larga escala? Teste os seus conhecimentos

Diana ALVES
Diana ALVES
Que tipo de teste é feito no âmbito do Large Scale Testing? Esta é uma das questões colocadas aos participantes num quiz online lançado pelo Ministério da Saúde.

O Ministério da Saúde lançou um quiz com várias questões sobre o Large Scale Testing (LST), o programa de testes de diagnóstico à covid-19 em larga escala. O objetivo da iniciativa é informar a população sobre as especificidades da iniciativa, uma das grandes apostas do Governo no âmbito da luta contra a pandemia. 

Entre as dez questões de verdadeiro ou falso colocadas aos participantes, estão aspetos do programa como por exemplo o tipo de teste feito. No caso do tipo de análise realizada, o quiz explica que, além dos testes PCR, são também feitos testes serológicos, mediante convocatória. Trata-se de um teste feito a partir de uma amostra de sangue, que permite perceber se a pessoa já esteve em contacto com o vírus. 

O quiz explica ainda que um cidadão que receba duas convocatórias para o teste num curto espaço de tempo deve fazer o exame, já que o período de incubação pode ir de um a 14 dias. Quer isto dizer, que as pessoas podem responder a todas as convocatórias que receberem para fazer o teste gratuito.

O questionário -  em inglês, francês ou alemã - é de participação é anónima, e esclarece igualmente que os centros de teste LST se destinam apenas às pessoas que tenham recebido a convocatória para o teste e aos viajantes. As com receita médica devem dirigir-se ao Laboratório Nacional de Saúde, em Dudelange, ou aos laboratórios privados Bionext, Réunis ou Ketterthil.


Pessoas com rendimento inferior a 30.000 euros por ano com risco elevado de contrair covid-19
O rendimento disponível das famílias afeta o risco de infeção pela covid-19, revela um estudo luxemburguês publicado na revista The Lancet.

Terceira fase do LST vai custar 64 milhões de euros. Mais de 60.000 testes por semana

O programa de testes em larga escala é uma iniciativa do Governo, lançada no início da pandemia com o objetivo de acompanhar a evolução das infeções pelo novo coronavírus entre a população. A iniciativa prepara-se agora para entrar na terceira fase, orçada em 64 milhões de euros. A terceira etapa deverá arrancar em março e poderá estender-se até meados de setembro, em função da evolução da situação pandémica, de acordo com o projeto de lei sobre a matéria.

O objetivo do LST não é o de erradicar o vírus, mas sim tentar controlar o alastramento da epidemia através de testes frequentes a amostras representativas da população. Para isso, os cidadãos são repartidos por grupos, por exemplo em função do seu setor de atividade, da idade e do local de residência. Isto significa que os membros de um mesmo domicílio, os habitantes de um bairro residencial ou um círculo de colegas de trabalho podem receber os convites com um desfasamento de algumas semanas.

Um estudo recente sobre a iniciativa publicado na revista The Lancet, concluiu que o programa permitiu evitar 42,9% de casos de infeção. Na terceira fase do programa, um dos objetivos será avaliar o impacto da campanha de vacinação. Está prevista a realização de 53.000 testes PCR e 1.000 serológicos por semana, assim como um reforço das equipas móveis encarregadas do rastreio em lares de idosos e escolas.

O Governo tem cerca de uma dezena de centros de testes espalhados um pouco por todo o país, consagrados ao programa. Depois de receberem o convite, os cidadãos devem fazer a marcação através dos sites covid19-test.lu ou myguichet.lu. No momento da marcação, o cidadão poderá selecionar a opção 'e-mail' se preferir receber as futuras convocatórias por via eletrónica. 


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas