Escolha as suas informações

Roubos violentos aumentaram em 2021 no Luxemburgo
Sociedade 3 min. 07.04.2022 Do nosso arquivo online
Polícia

Roubos violentos aumentaram em 2021 no Luxemburgo

Estatísticas da polícia
Polícia

Roubos violentos aumentaram em 2021 no Luxemburgo

Estatísticas da polícia
Foto: Gerry Huberty
Sociedade 3 min. 07.04.2022 Do nosso arquivo online
Polícia

Roubos violentos aumentaram em 2021 no Luxemburgo

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Em 2021, houve 505 roubos violentos, sendo que se registaram 19 assaltos à mão armada, ocorridos sobretudo em estações de serviço. Os assaltos a habitações desceram e houve uma ligeira subida nos delitos contra pessoas, tendo sido registados três homicídios.

Em 2021, os roubos com violência aumentaram em mais de 16% face a 2020. Segundo as estatísticas da polícia para 2021, apresentadas esta quinta-feira numa conferência com o Ministro da Segurança Interna, Henri Kox, registaram-se no último ano 505 atos de roubo violentos, mais 85 que em 2020, quando foram reportados 420 crimes com estas características.

Para este aumento, referem as autoridades, contribuiu a série de roubos registados na capital do país, durante 2021, com destaque para os que envolveram o furto de objetos de valor como joias ou relógios, e onde um número significativo de alegados perpetradores foram detidos pela polícia. 

O relatório apresentado pela polícia luxemburguesa revelou ainda que foi registado um assalto à mão armada a um banco, tendo o autor sido detido minutos após o crime

Em 2021, houve também 19 assaltos à mão armada, que tiveram sobretudo lugar em estações de serviço, entre outros estabelecimentos e empresas. 


Nos últimos quatro anos, a polícia registou um aumento de 48% dos casos de jovens desaparecidos.
Mais de 500 casos de jovens desaparecidos no Luxemburgo em 2021
O número de casos de jovens desaparecidos no Luxemburgo tem vindo a aumentar significativamente nos últimos anos. Desde 2018, houve um aumento de 48%.

Já no que se refere aos furtos relacionados com veículos, as estatísticas  mostram que houve mais 278 infrações, uma subida de 12,82% face a 2020, reflexo sobretudo de um aumento dos furtos de bicicletas.

A categoria de "crimes contra a propriedade" foi, de resto, aquela onde se verificou a maior parte dos crimes reportados no Luxemburgo, representando quase 60% do total de violações à justiça. 

Os roubo simples, furto em lojas, furtos domésticos e por carteiristas representam cerca de um quarto de todas essas infrações registadas em 2021. Nesta categoria de roubos diversos também se verificou um aumento de 17,73% de 2020 para 2021, devido a um maior número de denúncias de roubo de bombas de gasolina através do e-commissariat.

Assaltos a casas descem 

No que respeita aos assaltos a imóveis, o relatório das autoridades distingue os que visam casas habitadas (moradias, apartamentos, caves) e os que visam imóveis não habitados (lojas, empresas, estaleiros de construção, etc.). 

A grande maioria dos assaltos ocorre em casas habitadas, tendo-se observado uma diminuição de 18,3% nesses casos, entre 2019 e 2021, ainda que entre 2020 e 2021 se tenha verificado um ligeiro aumento, em parte devido ao "grande número de assaltos em caves residenciais", refere a polícia. Em 2021 o número houve 1.147 casas assaltadas, face a 1076 em 2020 e a 1404, em 2019.


Statec lança estudo sobre segurança no Luxemburgo
O Instituto Nacional de Estatísticas (STATEC), em colaboração com a polícia grã-ducal, lança a partir de hoje, 1 de outubro, um inquérito sobre a segurança no Luxemburgo.

 Já os assaltos a estruturas desocupadas diminuíram 21,56% de 2019 a 2021, passando de 562 imóveis assaltados para 502.  

O balanço feito pelas autoridades aponta para que 493 assaltos a casas realizados entre 2012 e 2021 tenham sido resolvidos criminalmente, tendo em 2021 sido presas 109 pessoas por esse tipo de crime.

Ofensas contra pessoas

A categoria de "delitos contra pessoas" representa 20,6% de todos os crimes  registados e sofreu um aumento de 5,24% por comparação com 2020. Registaram-se três homicídios em 2021, mais um que em 2020 e uma subida do número de agressões intencionais, que passou de 2.829 para 2.967, em 2021. 

No contexto da violência doméstica, diminuíram ligeiramente tanto o número de intervenções registadas, passando de 943 para 917, entre 2020 e 2021, e o número de despejos, que desceu de 278 para 249, nesse período.

Em termos gerais,  no ano de 2021 foram reportados 42.875 casos à polícia em 2021 (mais 1.286 que em 2020, o correspondente a um aumento de 4,45%), tendo sido contabilizadas 30.213 infrações (uma subida de 6,83%, equivalente a mais 2.741 situações que as registadas em 2020).

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

As estatísticas policiais sobre delinquência no Luxemburgo revelam uma descida geral de 4,7% em 2017 (menos 1.816 infrações), sobretudo devido à diminuição de 8,3% nos crimes contra pessoas.