Escolha as suas informações

Reino Unido prepara vacinação de mulheres grávidas
Sociedade 17.04.2021

Reino Unido prepara vacinação de mulheres grávidas

Reino Unido prepara vacinação de mulheres grávidas

DR
Sociedade 17.04.2021

Reino Unido prepara vacinação de mulheres grávidas

Lusa
Lusa
O Reino Unido registou 34 mortes e 2.596 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, de acordo com o Governo britânico, que hoje foi aconselhado a vacinar mulheres grávidas.

Segundo o Comité Conjunto de Vacinação e Imunização [Joint Committee on Vaccination and Immunisation, JCVI], dados dos Estados Unidos, onde cerca de 90 mil mulheres já foram vacinadas, indicam que o fármaco à base de uso de tecnologia RNA mensageiro (mRNA) é seguro. 

"Com base nesses dados, o Comité Conjunto de Vacinação e Imunização (JCVI, na sigla em inglês) informa que é preferível que as vacinas Pfizer-BioNTech ou Moderna sejam oferecidas a mulheres grávidas no Reino Unido, quando disponíveis", afirmou o organismo que aconselha o executivo. 

No total, 32.574.221 pessoas foram imunizadas com uma primeira dose, das quais 8.931.547 já receberam uma segunda dose, a qual é administrada com um intervalo de entre três e 12 semanas. 

Desde o início da pandemia, morreram no Reino Unido 127.225 pessoas entre 4.383.732 casos de infeções confirmados. 

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.987.891 mortos no mundo, resultantes de mais de 139 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Reino Unido limita vacina AstraZeneca a maiores de 40 anos
O comité científico que supervisiona a campanha de vacinação anti-covid-19 no Reino Unido recomendou hoje limitar o uso da vacina da AstraZeneca a pessoas com mais de 40 anos, após terem sido relatados 242 casos de coágulos sanguíneos.
Reino Unido ultrapassa 25 milhões de vacinados
O Ministério da Saúde britânico anunciou que vai estender o programa a todas as pessoas com mais de 50 anos, após ter imunizado a maioria dos indivíduos dos grupos etários mais velhos e pessoas com comorbidades de risco.