Escolha as suas informações

Radares fixos ativos há cinco anos no Luxemburgo
Sociedade 17.03.2021 Do nosso arquivo online

Radares fixos ativos há cinco anos no Luxemburgo

Primeiro radar com ligação direta a um semáforo entrou em funcionamento em fevereiro na capital.

Radares fixos ativos há cinco anos no Luxemburgo

Primeiro radar com ligação direta a um semáforo entrou em funcionamento em fevereiro na capital.
Foto: Anouk Antony/Luxemburger Wort
Sociedade 17.03.2021 Do nosso arquivo online

Radares fixos ativos há cinco anos no Luxemburgo

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Ministro da Mobilidade e Transportes diz que os radares têm tido um papel importante na diminuição da sinistralidade rodoviária.

O radares fixos que detetam os veículos em excesso de velocidade já existem há cinco anos no Grão-Ducado. No total, o país dispõe de 24 radares fixos, sendo que o radar em Schieren, na B7, é o que mais infrações tem registado.

Em janeiro deste ano, o ministro da Mobilidade, François Bausch, afirmou que a instalação dos radares de controlo de velocidade conseguiram ajudar a diminuir o número de acidentes de viação com feridos graves e mortos

Segundo o ministro, estes dispositivos têm contribuído para um maior respeito dos limites de velocidade, num país onde o excesso de velocidade é a principal causa de acidentes graves. Apesar de não avançar dados concretos, o Governo garantiu ainda que o número de infrações registadas por estes aparelhos tem baixado consideravelmente de ano para ano, de uma forma geral.


Motoristas de autocarro e pesados com certificado de formação caducado podem continuar a trabalhar
Segundo a lei, a formação contínua é obrigatória para todos os motoristas profissionais de veículos integrados na rede de transporte de mercadorias ou de passageiros.

Estes sistemas de controlo de velocidade têm sido uma aposta do Governo nos últimos anos. Veja-se o caso do radar inteligente instalado na N11 entre Waldhof e Gonderange desde junho de 2020 e que mede a velocidade média do troço de 3,8 km. A estrada tem sido palco de acidentes graves nos últimos anos. As multas previstas para quem ultrapassar os limites de 90km/h para ligeiros e 75km/h para pesados são de 49 e 145 euros. 

Também em fevereiro deste ano entrou em funcionamento o primeiro radar com ligação direta a um semáforo, na Place de l’Étoile, na cidade do Luxemburgo. O  dispositivo controla os automobilistas que desrespeitam o sinal vermlho, mas também os que conduzem em excesso de velocidade. As autoridades preveem instalar mais dois dispositivos semelhantes na capital em breve.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas