Escolha as suas informações

"Quero a minha vida de volta". Britney Spears luta contra "tutela abusiva" do pai
Sociedade 3 min. 24.06.2021
Controlo paternal

"Quero a minha vida de volta". Britney Spears luta contra "tutela abusiva" do pai

Controlo paternal

"Quero a minha vida de volta". Britney Spears luta contra "tutela abusiva" do pai

Kay Blake/ZUMA Wire/dpa
Sociedade 3 min. 24.06.2021
Controlo paternal

"Quero a minha vida de volta". Britney Spears luta contra "tutela abusiva" do pai

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
A cantora quebrou o silêncio pela primeira vez em tribunal e falou sobre a tutela abusiva do pai que há mais de dez anos tem todos os poderes sobre a sua carreira e vida pessoal.

Numa audiência virtual no Tribunal Superior do Condado de Los Angeles, Britney Spears falou sobre a tutela paternal e não poupou críticas ao pai, Jamie Spears, e família. "Estou traumatizada. Não estou feliz, não consigo dormir. Estou tão zangada, isto é de doidos. Estou deprimida". E a restante "família não fez nada. Tudo aquilo que tive de fazer, foi [o meu pai] a aprovar. Ninguém da minha família fez nada", afirmou.  

A tutela do pai foi estabelecida em 2008 e, desde então, a estrela da pop não tem controlo sobre as suas finanças e escolhas pessoais. "Não estou aqui para ser escrava de ninguém", disse Britney, na primeira vez que se revolta publicamente sobre o assunto. O controlo paternal abrange todos os aspetos da sua vida, inclusive, do seu corpo. "Quero poder casar-me e ter um filho", alegando que a equipa não o permite. "Tenho um DIU dentro de mim para não engravidar, a minha equipa não quer que eu tenha mais filhos", confessou. "Acredito realmente que esta tutela é abusiva. Não sinto que posso viver uma vida plena".  

Na audiência, a cantora de 39 anos foi mais longe e afirmou que o "pai e todas as pessoas envolvidas na tutela (…) deviam estar na prisão", cita a CNN. "A última vez que falei consigo [com a juíza Brenda Penny]… senti-me como se estivesse morta. Estou a dizer isto outra vez porque não estou a mentir… talvez possa entender a profundidade, o grau e os estragos… Eu mereço mudanças", pediu. 

Aquela que foi a maior estrela pop do início dos anos 2000 admitiu ainda que não disse ao público como se sentia com medo que ninguém acreditasse em si. "É embaraçoso e desmoralizante aquilo por que eu passei, e essa é a principal razão pela qual não o disse abertamente". A cantora afirmou ainda que quer "processar a família" e contar a sua versão ao mundo. 

As confissões de Britney no depoimento de 20 minutos são chocantes. A cantora afirma ter sido obrigada a tomar lítio contra a sua vontade. "O lítio é muito forte, é um medicamento completamente diferente do que eu estava acostumada. É uma droga forte. (…) Sentia-me bêbada, não conseguia nem ter uma conversa com a minha mãe ou com o meu pai sobre o que quer que fosse". 

A cantora garantiu ser capaz de gerir a sua carreira. "Sou ótima no que faço", disse "e permito que estas pessoas controlem o que eu faço, já chega. Não faz qualquer sentido". 

Mensagens de apoio 

Entre as várias estrelas que já vieram demonstrar publicamente o apoio a Britney Spears estão o ex-namorado, o cantor Justin Timberlake. "Independentemente do nosso passado, bom e mau, e não importa há quanto tempo foi... o que lhe está a acontecer não está certo. Nenhuma mulher deve ser impedida de tomar decisões sobre o seu próprio corpo. Ninguém deve nunca ser mantido contra a sua vontade... ou ter de pedir permissão para aceder a tudo aquilo por que tanto trabalhou... Esperamos que os tribunais, e a sua família façam o certo e a deixem viver como ela quiser". 

Também a cantora brandy escreveu no Twitter uma mensagem de apoio a Britney. "Enviando todo o meu amor e apoio à Britney Spears e aos seus fãs".

Também Mariah Carey fez questão de prestar solidariedade à "colega de profissão". "Amamos-te, Britney. Continua forte", escreveu. 

 


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A cantora diz que a sua “situação é muito complicada”, numa mensagem em vídeo. Britney Spears está internada numa clínica psiquiátrica, para tratar os seus “problemas psicológicos e emocionais”. Domingo de Páscoa pôde sair umas horas com o seu namorado e o seu aspeto e ar desorientado chocaram os fãs. Há 11 anos, Britney Spears já tinha sido internada, devido a um colapso mental, que a levou a rapar o cabelo e a agredir um fotógrafo.