Escolha as suas informações

Quem é Nicolas Bagory, futuro príncipe do Luxemburgo?
Sociedade 3 min. 19.11.2022
Realeza

Quem é Nicolas Bagory, futuro príncipe do Luxemburgo?

Nicolas Bagory e a princesa Alexandra estão noivos e irão casar-se na primavera de 2023.
Realeza

Quem é Nicolas Bagory, futuro príncipe do Luxemburgo?

Nicolas Bagory e a princesa Alexandra estão noivos e irão casar-se na primavera de 2023.
Foto: Maison du Grand-Duc / Sophie Margue
Sociedade 3 min. 19.11.2022
Realeza

Quem é Nicolas Bagory, futuro príncipe do Luxemburgo?

Nathalie RODEN
Nathalie RODEN
Os luxemburgueses descobriram seu rosto e sorriso muito recentemente. Nicolas Bagory é o noivo da princesa Alexandra. Saiba como é e o que faz o futuro genro do grão-duque Henri.

O anúncio do noivado da filha dos Grão-Duques do Luxemburgo juntou duas surpresas numa só: a de que a Princesa Carolina estava apaixonada e noiva e o aparecimento do eleito do seu coração, Nicolas Bagory,  um perfeito desconhecido para os luxemburgueses, até então.

A declaração oficial do noivado, a 7 de novembro, pela corte grão-ducal não trouxe muitos pormenores sobre o futuro genro do Grão-Duque Henri e da Grã-Duquesa Maria Teresa. Parece que ele nasceu a 11 de Novembro de 1988 e, portanto, celebrou o seu 34º aniversário há oito dias - ao mesmo tempo que o Grão-Duque herdeiro Guilherme apagou 41 velas no bolo. 

Quem é então o novo príncipe do Luxemburgo? Nicolas Bagory é francês e cresceu na Bretanha, estudou línguas e política antigas, e é atualmente responsável pela implementação de projetos sociais e culturais. 

Segundo a revista francesa "Point de Vue", Bagory - Bago Iri - é um nome de origem basca que significa "aldeia das faias" mas a família de Nicolas Bagory criou raízes na Bretanha. Já a sua mãe se chama Gwenaëlle, e os tios e tias Annaïk, Gaïdig e Yann, o que indica também que a família está estabelecida há muito tempo no noroeste da França.

Profissionalmente, o eleito da princesa Alexandra é tido como "inteligente e trabalhador". Em Stanislas, um dos mais prestigiados colégios católicos de Paris, Nicolas concluiu um bachalerato, segundo a "Point de Vue", tendo depois  frequentado aulas preparatórias de matemática, física e ciências da engenharia (MPSI). Mas, os seus estudos não ficaram por aqui. Nicolas Bagory obteve também um bacharelato em literatura (estudo do grego antigo e latim) e ciência política no Instituto Albert-le-Grand da École Supérieure des Humanités et du Management (Ircom) em Angers.  


A princesa Alexandra está noiva de Nicolas Bagory, anunciou hoje a casa real divulgando a foto oficial dos noivos.
Única filha do casal grão-ducal vai casar na primavera
Os Grão-Duques anunciaram esta segunda-feira que a princesa Alexandra, 31 anos, está noiva de Nicolas Bagory, de 34 anos e o enlace será daqui a uns meses.

É desta altura que data um comentário sobre Nicolas Bagory na rede do LinkedIn. Num post publicado há cerca de dez anos, Gabriel Médawar, diretor de Ircom e antigo mentor de Nicolas Bagory, descreve o seu protegido como uma pessoa culta e espirituosa, com reconhecida perspicácia e delicadeza intelectual. "A sua retidão, ideais e vontade de investir fazem dele um estudante valioso com enorme potencial", diz o mentor no comentário. Após Angers o noivo da princesa Alexandra concluiu ainda um mestrado em literatura clássica na prestigiada Universidade da Sorbonne, Paris.

A princesa Alexandra é a única filha do casal grão-Ducal.
A princesa Alexandra é a única filha do casal grão-Ducal.
Foto: Guy Wolff/LW-Archiv

Dedicado à fé

Fluente em vários idiomas, Nicolas domina bem o inglês e espanhol, e não seria de agora já tenha aprendido algumas palavras de luxemburguês com a sua noiva, a princesa Alexandra.

Nicolas iniciou a sua carreira como professor de línguas, num liceu particular em Courbevoie, na região metropolitana de Paris. Trabalhou também como  editor-chefe da editora católica Première Partie, especializada em proteção ambiental e evangelismo. O noivo da princesa luxemburguesa demonstrou também o seu talento como tradutor com a biografia de Santo Agostinho pelo ex-arcebispo de Canterbury, Rowan Williams.  

Terá sido em 2021 que Nicolas Bagory conheceu a princesa Alexandra. Ano em que em colaboração com o historiador Philippe Delorme, o francês relança a revista "Dynastie". O ex-editor desta publicação não é outro senão Stéphane Bern, considerado próximo da família grão-ducal, e que recentemente publicou o livro  "Un amour souverain com a grã-duquesa. No primeiro número do relançamento de "Dynastie" Bern, jornalista especializado em nobreza, publica uma entrevista de oito páginas com a grã-duquesa Maria Teresa.

Além disso, a equipa de "Dynastie" dedicou um post no Facebook à notícia do noivado, felicitando o seu colaborador: “Toda a nossa equipa felicita calorosamente a princesa Alexandra e o nosso querido Nicolas! Viva o Luxemburgo e viva as famílias que fazem história.”

Este artigo foi publicado originalmente no wort.lu/de

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.