Escolha as suas informações

Professores foram quem mais trabalhou a partir de casa no confinamento
Sociedade 28.09.2020

Professores foram quem mais trabalhou a partir de casa no confinamento

Professores foram quem mais trabalhou a partir de casa no confinamento

Foto: AFP
Sociedade 28.09.2020

Professores foram quem mais trabalhou a partir de casa no confinamento

Os professores foram quem mais trabalhou a partir de casa durante o confinamento no Luxemburgo. Os dados, retomados agora pela RTL, estão no relatório "Luxemburgo em números", do gabinete de estatísticas luxemburguês (Statec).

Os números do Statec mostram que mais de 95% dos docentes que estiveram no ativo durante o confinamento trabalharam a partir de casa, seja a tempo inteiro ou em alternância. 


Quarentena parcial para professores pode acabar
O ministro da Educação já está a estudar alternativas para substituir ou adaptar a autorização especial para frequentar a escola durante a quarentena.

Em segundo lugar, aparecem os serviços administrativos e financeiros, com menos de 80%, e depois as administrações públicas, com cerca de 75%. Por outro lado, os setores que, logicamente, menos recorreram ao teletrabalho foram os da saúde (33%), da construção (42%) e a Horesca (51%).  

  Após a polémica instalada no país devido à possibilidade dos professores darem aulas mesmo estando em quarentena, por terem contactado com uma pessoa infetada, o ministro da Educação, Claude Meisch assumiu recentemente que o Ministério irá rever esta medida.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas