Escolha as suas informações

População idosa vai duplicar no Luxemburgo até ao final do século
Sociedade 2 min. 01.10.2021
Dia Internacional do Idoso

População idosa vai duplicar no Luxemburgo até ao final do século

Dia Internacional do Idoso

População idosa vai duplicar no Luxemburgo até ao final do século

Shutterstock
Sociedade 2 min. 01.10.2021
Dia Internacional do Idoso

População idosa vai duplicar no Luxemburgo até ao final do século

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Em 2100, um terço da população do Grão-Ducado terá 65 e mais anos, o correspondente ao dobro da percentagem atual.

No final deste século a população idosa do Luxemburgo será o dobro da atual. Em 2100, um terço da população do Grão-Ducado terá 65 e mais anos, o que corresponde ao dobro da percentagem atual, revela um estudo do Eurostat sobre o envelhecimento na Europa, publicado esta sexta-feira, 1 de outubro, data em que se assinala o Dia Internacional do Idoso.

Atualmente, essa faixa etária corresponde a 14,8% da população, mas irá subir progressivamente nas próximas décadas, prevendo-se que em 2100 represente 31,6% do total da população do Grão-Ducado. 

O Luxemburgo e a Irlanda são os dois únicos países da União Europeia (UE) em que a faixa etária dos 0 aos 64 anos ultrapassa os 85% da população - 85,5%, no caso do Grão-Ducado, e 85,6%, no caso da República irlandesa. Enquanto a faixa dos 65 aos 74 anos representa 7,9%, a dos 75 aos 84 anos, 4,6%, e a dos 85 e mais anos 2%.


"Epidemia da solidão". Um em cada quatro idosos tem sintomas depressivos
Investigadores do Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (CINTESIS) concluíram que um em cada quatro idosos se sente só e tem sintomas depressivos, apelando para que sejam adotadas "medidas urgentes" para "combater a epidemia da solidão".

Em 2100, a faixa etária dos 0 aos 64 anos continuará a ser a mais representativa mas cai bastante, passando de uma percentagem 85,5% para 68,4%. Em contrapartida, o grupo dos 65 aos 74 anos passará a corresponder a 11,5% da população, enquanto a faixa dos 75 aos 84 anos aumentará para os 10,8% e a dos 80 e mais anos para os 9,3%.

Pouco antes da última década deste século, o Grão-Ducado convergirá com a média da União Europeia - atingindo os 31,1% de população idosa - e deverá ultrapassá-la a partir de 2090, segundo as projeções do Eurostat. Atualmente está abaixo, com a população idosa (65 e mais anos) a representar 14,8%, enquanto a média da UE é de 20,9%.

Portugal atinge pico a meio do século

Portugal continua a ter uma população muito mais envelhecida - muito acima da média da UE - que a do Luxemburgo. Mas até ao final do século os dois países aproximam-se.

Portugal atinge o pico a meio do século, na década de 2050, quando a população com 65 e mais anos deverá corresponder a mais de um terço da população do país: 33,7%. Atualmente, essa faixa representa 22,5%. Em 2100, estima-se que corresponda a 32,2%, altura em que, de acordo com as mesmas projeções, no Luxemburgo seja equivalente a 31,6%.




Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A população do Luxemburgo aumentou no ano passado, mais uma vez à custa da imigração. Em 2014 chegaram ao Luxemburgo mais de vinte mil imigrantes. Pela primeira vez, nos últimos anos, chegaram mais franceses do que portugueses. Resultado: aumenta o número de estrangeiros e baixa o número de luxemburgueses a residir no país.