Escolha as suas informações

Petição apela ao prolongamento da licença parental até aos 9 meses
Sociedade 23.05.2022
Paternidade

Petição apela ao prolongamento da licença parental até aos 9 meses

Paternidade

Petição apela ao prolongamento da licença parental até aos 9 meses

Foto: Getty Images
Sociedade 23.05.2022
Paternidade

Petição apela ao prolongamento da licença parental até aos 9 meses

Redação
Redação
"Com a atual licença parental de 6 meses, a criança tem de estar na creche aos 9 meses de idade", diz Michèle Senninger, a criadora da petição.

Uma petição apresentada no site petições.lu da Câmara de Deputados propõe prolongar a licença parental de 6 para 9 meses, com o objetivo da criança poder ficar em casa até ao seu primeiro aniversário, uma vez que a licença de maternidade é de três meses após o nascimento.

De acordo com a peticionária, citada pelo Le Quotidien, este seria um benefício para pais e filhos. "Com a atual licença parental de 6 meses, a criança tem de estar na creche aos 9 meses de idade", diz Michèle Senninger, a criadora da petição. "Isto pode ser difícil se, por exemplo, a criança ainda estiver a ser amamentada, o que a OMS recomenda até ao segundo ano de vida. 


Casais do mesmo sexo e trabalhadores independentes vão poder gozar licença de paternidade
Há ainda mudanças na licença parental flexível.

De acordo com a peticionária, esta extensão teria um efeito benéfico tanto para os pais como para as crianças. Numa altura em que é por vezes difícil encontrar um equilíbrio entre a vida familiar e profissional, os três meses adicionais trariam alívio aos pais e seriam muito importante para os filhos que passariam mais tempo com a família.

"Na Suécia, a duração da licença parental é de 16 meses e na Alemanha pode prolongar-se até aos 3 anos", aponta a petição. Se a petição atingir 4.500 assinaturas até 30 de junho, poderá ser discutida num debate público com os eurodeputados e o ministro competente. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Decisão do Governo, sindicatos e patrões
Vai haver mais dinheiro para a licença parental. Governo, sindicatos e patronato acordaram esta sexta-feira que a licença parental poderá chegar aos 3.200 por mês.