Escolha as suas informações

Perto de 11 mil crianças e jovens no Grão-Ducado com problemas de saúde mental
Sociedade 07.10.2021
Unicef

Perto de 11 mil crianças e jovens no Grão-Ducado com problemas de saúde mental

Unicef

Perto de 11 mil crianças e jovens no Grão-Ducado com problemas de saúde mental

Foto: Gerry Huberty
Sociedade 07.10.2021
Unicef

Perto de 11 mil crianças e jovens no Grão-Ducado com problemas de saúde mental

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Cerca de 15,2% dos alunos entre 12 e 18 anos já pensaram em suicídio, e 7,7% disseram ter mesmo tentado por fim à vida.

Os problemas de saúde mental afetam cerca de 11 mil crianças e jovens no Luxemburgo. De acordo com as estimativas do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), 16,5% de crianças e jovens entre os 10 e os 19 anos são afetados por esta patologia. O número exato: 10.975 rapazes e raparigas 

Sem surpresas, o relatório 2021 da Unicef refere que a covid-19 agravou esta tendência, com o confinamento, isolamento dos amigos e rotinas alteradas. Assim, o sentimento de tristeza é também apontado como "muito comum entre as crianças no Luxemburgo". 

Através da análise de dados de 2018, o relatório diz que cerca de 28% dos alunos no país entre os 12 e os 18 anos já se sentiram tristes ou desesperados quando pararam as atividades habituais, 15,2% desses alunos pensaram em suicídio e 7,7% disseram ter mesmo tentado por fim à vida. 


Luxemburgo. "Quase todos os jovens sabem de um jovem que já pensou em suicídio ou se suicidou"
Quem o afirma é Mathis Godefroid, presidente do Conselho Nacional da Juventude do Luxemburgo. "Temos de reagir", alerta ao Contacto. Esta quinta-feira à tarde realiza-se uma mesa redonda sobre a saúde mental juvenil e depois uma reunião com os ministros da Saúde e da Educação e Juventude.

Quanto aos sintomas e efeitos destes problemas, estes aumentaram dos 34,8% em 2006 para os 40,1% em 2018, representando 4 em cada 10 alunos. 

O suicídio é a segunda causa de morte na Europa entre os jovens entre os 15 a 19 anos.

Relatório da Unicef

Na análise europeia, 16,3% dos adolescentes vivem com um problema mental, o que corresponde a 9 milhões de jovens. O suicídio é a segunda causa de morte na Europa entre os jovens entre os 15 a 19 anos. Já a nível mundial a percentagem de adolescentes com problemas mentais baixa para os 13%, enquanto o suicídio é a quinta causa de morte no mundo entre os jovens.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.