Escolha as suas informações

Pandemia fez quase dois milhões de mortes em todo o mundo
Sociedade 2 min. 30.12.2020

Pandemia fez quase dois milhões de mortes em todo o mundo

Pandemia fez quase dois milhões de mortes em todo o mundo

AFP
Sociedade 2 min. 30.12.2020

Pandemia fez quase dois milhões de mortes em todo o mundo

Lusa
Lusa
A pandemia de covid-19 fez pelo menos 1.791.033 mortos, depois de a OMS ter detetado a doença na China em dezembro de 2019, de acordo com o balanço elaborado hoje pela France-Presse com base em dados oficiais.

Mais de 81.933.390 casos de infeção foram oficialmente diagnosticados desde o início da pandemia, sendo que 51.570.000 doentes foram considerados curados da doença. 

O balanço é feito com base nos dados comunicados diariamente pelas autoridades sanitárias de casa país, excluindo as revisões posteriores das entidades responsáveis pelas estatísticas em países como a Rússia, Espanha e Reino Unido. 

O número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do total de infeções sendo que uma parte dos casos é menos importante ou refere-se a situações assintomáticas. 

Nas últimas 24 horas lamenta-se a morte de 14.973 pessoas vítimas de covid-19 em todo o mundo.

No mesmo período foram registados 752.217 novos casos a nível global. 

Os países que registaram o maior número de mortes, nas últimas 24 horas, são os Estados Unidos com mais 3.223 óbitos; Alemanha (1.129) e o Brasil (1.111). 

Neste momento, os Estados Unidos é o país com mais mortos, tendo sido totalizados 338.656 óbitos e 19.515.529 casos, de acordo com a universidade norte-americana Johns Hopkins. 

A seguir aos Estados Unidos, os países mais atingidos são o Brasil com um total de 192.681 óbitos e 7.563.551 casos; a Índia com 148.439 vítimas mortais (10.24.852 contágios); o México com 123.845 mortes (1.401.529 infeções) e a Itália com 73.029 mortos (2.067.487 casos). 

Entre os países mais duramente afetados - em proporção do número de habitantes - encontram-se a Bélgica com 167 mortos por cada 100 mil habitantes, seguida da Eslovénia (127); Bósnia (123); Itália (121) e a Macedónia do Norte (119). 

A Europa totalizava - até às 11:00 - 562.000 mortos e 26.007.263 casos; a América Latina e Caraíbas com 502.163 óbitos (15.353.869 infeções); Estados Unidos e Canadá com 353.924 mortos (20.077.741 contágios); Ásia com 217.729 (13.808.353 infeções); Médio Oriente regista 89.510 vítimas mortais (3.946.033 positivos); o continente africano com 64.262 mortos (2.706.105 contágios) e a Oceânia com 945 óbitos (31.027 casos). 

Este balanço é realizado a partir de dados recolhidos pelos correspondentes da France Presse junto de entidades competentes e em informações da Organização Mundial da Saúde (OMS). 

Devido às correções comunicadas e pela publicação tardia de alguns valores, o aumento dos números globais, durante as últimas 24 horas, pode não corresponder exatamente aos valores que foram noticiados anteriormente. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A pandemia do novo coronavírus já infetou mais de 31,6 milhões de pessoas em todo o mundo, incluindo mais de cinco milhões na Europa, segundo um balanço da agência AFP baseado em dados oficiais.