Escolha as suas informações

Descubra as diferenças entre Luxemburgo e Portugal
Editorial Sociedade 2 min. 24.06.2021
Pandemia

Descubra as diferenças entre Luxemburgo e Portugal

Pandemia

Descubra as diferenças entre Luxemburgo e Portugal

Foto: Guy Wolff
Editorial Sociedade 2 min. 24.06.2021
Pandemia

Descubra as diferenças entre Luxemburgo e Portugal

Madalena QUEIRÓS
Madalena QUEIRÓS
Porque é que os certificados de vacinação em Portugal são apenas válidos por seis meses ? Quando no Luxemburgo, Alemanha, Bélgica e França já têm a validade de 12 meses. Uma diferença inexplicável e que prejudica os imigrantes que se vacinaram em Portugal. Enquanto os números de contágios continuam a subir em Portugal, no Luxemburgo a situação está mais controlada.

Portugal está no Euro 2020 e o Luxemburgo não. Certo. Portugal tem multibancos com muito mais funções que as caixas ATM aqui no Grão- Ducado. OK. Há o sol e o mar...que tanta faltam fazem aqui no Luxemburgo. E a via verde. Mas aqui também não se pagam portagens e os transportes públicos são gratuitos. 

E no combate à pandemia quais são as diferenças entre os dois países? Portugal está a entrou novamente no vermelho com mais de 120 casos de covid-19 por cem mil habitantes. No Luxemburgo o número de contaminações continua a descer. 

A vacinação continua a ser um sucesso e os certificados de vacinação já foram atribuídos a quem tenha recebido as duas doses da vacina. Documento que aqui no Grão-Ducado é válido por um ano. O mesmo acontece com os certificados na Alemanha, Bélgica e França. E como estamos em Portugal? O país só há poucos dias começou a emitir os ditos certificados, que são válidos por apenas...seis meses. 

Claro que em Portugal temos o sol que o ministro das Finanças luxemburguês, Pierre Gramegna, em entrevista ao Contacto, diz que gostaria de ter no Luxemburgo. Por aqui não temos mar. Mas o Grão-Ducado acaba de receber a classificação triplo A, da agência de rating Moody’s. 

O Luxemburgo continua assim a ser dos poucos países com a classificação mais elevada das três maiores agências de notação financeira, a Standard & Poor’s, Fitch e Moody’s, e também da canadiana DBRS. E Portugal? A dívida portuguesa é avaliada pela Moody’s em Baa3. E perguntam: “Mas afinal quem é que se preocupa com os resultados das agências de notação financeira?” São só os maiores investidores mundiais antes de decidir onde vão colocar o seu dinheiro! E claro quanto mais arriscados os investimentos, pior a classificação da agência de notação financeira, maior a taxa de juro que o devedor pagará. É através destas análises que os investidores decidem se investem ou não. Mas o que é que avaliam as agências de rating? A sustentabilidade das finanças públicas, estabilidade política e estabilidade social. 

E depois temos a diferença no discurso político em matérias de finanças públicas. O Luxemburgo diz com orgulho que contribui mais do que recebe para o orçamento da União Europeia. “Um exemplo de solidariedade”, diz o ministro das Finanças em entrevista ao Contacto. E Portugal? Parece que só pensa em ir buscar! Veja-se o mais recente episódio no momento simbólico de aprovação do Plano de Recuperação e Resiliência da UE para Portugal. Depois de receber o dossier das mãos de Ursula von der Leyen, António Costa responde com uma pergunta “Já posso ir ao banco?” Uma frase simbólica que revela uma atitude de quem está sempre de mão estendida, como que à espera do ouro do Brasil”. “Há, nos confins da Ibéria, um povo que não se governa nem se deixa governar”, disse um dia o imperador Júlio César sobre o território que um dia viria a ser Portugal. 

Talvez já fosse a hora de mudar de atitude.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

"De facto, pode notar-se que o Luxemburgo é o país da UE cuja dívida tem aumentado menos no contexto da crise", salienta a agência de notação financeira.
Standard and Poor’s
A agência de notação financeira Standard and Poor’s (S&P) manteve o triplo A atribuído ao Luxemburgo, com “perspetiva estável”.
A agência de notação financeira Standard & Poor’s (S&P) voltou a confirmar na sexta-feira a nota de triplo A para o Luxemburgo. A agência de notação financeira prevê para o país "um crescimento superior à média da zona euro".