Escolha as suas informações

Palhinhas e outros plásticos vão mesmo desaparecer até 2021
Sociedade 21.05.2019

Palhinhas e outros plásticos vão mesmo desaparecer até 2021

Palhinhas e outros plásticos vão mesmo desaparecer até 2021

Sociedade 21.05.2019

Palhinhas e outros plásticos vão mesmo desaparecer até 2021

A União Europeia acordou em alcançar até 2029 o objetivo de recolha de 90% para as garrafas de plástico.

A União Europeia (UE) aprovou esta terça-feira formalmente a proibição até 2021 do uso de determinados produtos de plástico de utilização única, como as palhinhas, varas de balões e cotonetes. De acordo com as novas regras hoje aprovadas pelo Conselho da UE, os pratos, os talheres, as palhas, as varas para balões e os cotonetes feitos de plástico de utilização única serão proibidos até 2021.


Luxemburgo quer ouvir os habitantes e definir "ideias concretas" para reduzir o lixo
Esta segunda-feira, a ministra do Ambiente lançou uma nova estratégia para reduzir a pegada ecológica do país. A partir do dia 15 de maio, vão ser realizadas cinco sessões ao longo do país, onde os participantes são convidados a propor ideias para reduzir a enorme quantidade de lixo que é produzida atualmente no Luxemburgo.

A diretiva (lei europeia) relativa aos plásticos de utilização única assenta na legislação da UE em matéria de resíduos atualmente em vigor, mas, segundo um comunicado do Conselho, vai mais além ao estabelecer normas mais rigorosas para os tipos de produtos e embalagens que se encontram entre os dez principais elementos poluentes encontrados nas praias europeias.

As novas regras proíbem a utilização de certos produtos de plástico descartáveis para os quais existem alternativas e introduzem medidas específicas para reduzir a utilização dos produtos mais frequentemente descartados.


Um milhão de espécies podem desaparecer do mundo se não mudarmos de comportamento
O uso da terra (agricultura, desflorestação), a exploração direta dos recursos (pesca, caça) e as alterações climáticas são três das principais causas que poderão levar à extinção de milhares de espécies, segundo um relatório das Nações Unidas, “muitas delas nas próximas décadas”.

Os produtos de plástico de utilização única são feitos total ou parcialmente de matéria plástica e destinam-se em geral a serem utilizados uma única vez ou durante um curto período de tempo antes de serem deitados fora. Os Estados-membros acordaram em alcançar até 2029 o objetivo de recolha de 90% para as garrafas de plástico, e estas terão de conter, pelo menos, 25% de material reciclado até 2025 e 30% até 2030.


Greve ambiental. “Para quê estudar se não temos futuro?"
Milhares de jovens encheram as ruas da cidade do Luxemburgo, esta sexta-feira, em protesto contra a inação do Governo para salvar o planeta. Um movimento mundial que no Luxemburgo começou com três alunas portuguesas.

A decisão de hoje do Conselho da UE é a última etapa do processo.

Lusa


Notícias relacionadas