Escolha as suas informações

OMS regista 429 casos de hepatite aguda infantil, a maioria na Europa
Sociedade 17.05.2022
Saúde pública

OMS regista 429 casos de hepatite aguda infantil, a maioria na Europa

Saúde pública

OMS regista 429 casos de hepatite aguda infantil, a maioria na Europa

Foto: DR
Sociedade 17.05.2022
Saúde pública

OMS regista 429 casos de hepatite aguda infantil, a maioria na Europa

Maria MONTEIRO
Maria MONTEIRO
Há mais 81 casos da doença do que na semana passada, avança esta terça-feira a Organização Mundial de Saúde (OMS), citada pela agência espanhola EFE. Segundo as autoridades, três em cada cinco crianças afetadas têm menos de cinco anos.

A causa da hepatite aguda infantil que se tem alastrado por 22 países de todo o mundo desde meados de abril ainda não é conhecida, mas o número de casos da doença continua a aumentar, ocorrendo a maioria em solo europeu.

Segundo a OMS, seis crianças morreram e 26 precisaram de um transplante de fígado. Além disso, em 15% dos casos os pacientes precisaram de cuidados intensivos.


O que se sabe sobre o recente surto de hepatite aguda em crianças
A doença matou uma criança e exigiu transplantes de fígado em pelo menos 17 outras em todo o mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde.

Dos 22 países onde a doença foi detetada, só 12 tinham, até à data, mais de cinco casos no seu território. Entre eles estão Reino Unido, Espanha, Estados Unidos e Israel.

Segundo o Ministério da Saúde, não existem, para já, casos desta hepatite no Grão-Ducado, mas as autoridades estão a monitorizar de perto a situação.

Em Portugal, não existe nenhuma infeção confirmada, mas o semanário Expresso noticiou esta terça-feira que são agora 12 os casos suspeitos da doença, cuja causa está a ser apurada pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA).

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas