Escolha as suas informações

OGBL reivindica mudança profunda na política de saúde pública
Sociedade 19.02.2021

OGBL reivindica mudança profunda na política de saúde pública

OGBL reivindica mudança profunda na política de saúde pública

Foto: AFP
Sociedade 19.02.2021

OGBL reivindica mudança profunda na política de saúde pública

Susy MARTINS
Susy MARTINS
A reivindicação é do departamento das pessoas reformadas da OGBL que analisou a situação das pessoas de idade durante a pandemia.

“É preciso uma mudança profunda na política da saúde pública, que não pode estar sujeita à lei do mercado e à eficiência da economia”. A reivindicação é do departamento das pessoas reformadas da OGBL que analisou a situação das pessoas de idade durante a pandemia.

Para a OGBL, o sistema hospitalar tem de conseguir enfrentar situações excecionais, sublinhando que mais vale ter um sistema com profissionais a mais, do que a menos. O sindicato diz que as restrições orçamentais fizeram com que houvesse menos camas disponíveis no Luxemburgo e também menos profissionais. Ora, a crise pandémica demonstra, segundo a OGBL, que é preciso mudar a forma de agir, caso contrário, isso demonstraria uma grande irresponsabilidade por parte do governo.

O departamento das pessoas reformadas da OGBL estima também que a situação atual demonstra certas falhas nos lares e que é preciso melhorar o funcionamento e as prestações nesta instituições.

O isolamento das pessoas de idade continua a ser um dos grandes problemas, nesta crise sanitária, até porque tem consequências psicológicas graves para os idosos, que há meses estão separados das famílias. Daí a urgência, segundo o sindicato, de colocar à disposição dos familiares testes rápidos que estes possam fazer antes de uma visita.

Outra reivindicação passa por melhorar o sistema de pensões, que segundo a OGBL, é crucial para garantir uma proteção social dos reformados.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.