Escolha as suas informações

OCDE. Professor pode ganhar entre 60 mil a 119 mil euros por ano Luxemburgo
Sociedade 12.10.2021
Educação

OCDE. Professor pode ganhar entre 60 mil a 119 mil euros por ano Luxemburgo

Educação

OCDE. Professor pode ganhar entre 60 mil a 119 mil euros por ano Luxemburgo

Foto: dpa
Sociedade 12.10.2021
Educação

OCDE. Professor pode ganhar entre 60 mil a 119 mil euros por ano Luxemburgo

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
O Luxemburgo continua a ser o país onde os professores são mais bem pagos, entre os Estados que fazem parte da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

De acordo com o mais recente relatório "Education at a Glance 2021" (Educação num piscar de olhos 2021), da OCDE, um professor do ensino básico começa a carreira com um salário anual de 60.090 euros (5000 mensais) e pode chegar aos 106.150 euros no topo da carreira, isto segundo dados de 2020.

No liceu, o salário em início de carreira aumenta para o equivalente a 68.090 euros e o docente pode chegar aos 119.090 euros no topo da carreira.

Estes valores estão bastante acima da média da OCDE, que varia entre os 28.570 euros (início de carreira como professor primário) e os 52.340 euros (fim de carreira de professor secundário).

O Luxemburgo é também o país onde o Estado mais gasta por aluno. No ensino pré-escolar, em média, o valor anual é de 18.110 euros por cada criança (7895,45 euros na OCDE), na primária a média é de 18.300 (8266 na OCDE), no secundário é de 22.003 (9.687 na OCDE) e na universidade sobe para 41.274 euros (14.767 na OCDE), isto segundo dados de 2018.


Ensino de português já tem mais de três mil alunos no Luxemburgo
Maioria frequenta cursos paralelos, isto é, fora do horário escolar.

Fazendo as contas, o Luxemburgo gasta, por aluno, cerca de 21600 euros (muito superior à média da OCDE de 10.107 euros) desde a primária até à universidade. Apesar deste investimento na Educação, de acordo com dados de 2018, o Grão-Ducado gasta apenas o equivalente a 3,1% do seu Produto Interno Bruto (PIB). 

Depois da Irlanda (3%), o Luxemburgo é o país com menos gastos em relação ao seu PIB. A média da OCDE é de 4,5%.Ainda segundo os números do relatório, cada turma das escolas primárias públicas tem em média 9 crianças (15 na OCDE), a mais baixa média, juntamente com a Grécia. Já no secundário público o número sobe para 18 (23 na ODCE).

Quanto às horas de aulas no Luxemburgo, os professores passam em média 924 horas (807 na OCDE) na sala por ano, nas escolas primárias. O número desce para 845 horas (923 na OCDE) no secundário, isto segundo dados de 2021.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A OCDE adverte que o Grão-Ducado é dos países com um dos níveis mais elevados de abandono escolar no ensino secundário. Alunos estrangeiros têm dificuldades em lidar com o sistema de ensino trilingue luxemburguês, explica a OCDE ao Contacto.
Os professores no Luxemburgo são os que mais ganham no conjunto dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). O organismo liderado por Angel Gurría divulgou hoje o estudo 'Education at a Glance' onde analisa o setor do ensino e faz uma avaliação por país.
Os alunos do ensino superior preferem cursos de gestão, administração de empresas e direito. De acordo com a OCDE, os professores são dos mais bem pagos e as turmas são mais pequenas.