Escolha as suas informações

Moselle deixa de vacinar com a AstraZeneca
Sociedade 09.04.2021

Moselle deixa de vacinar com a AstraZeneca

Moselle deixa de vacinar com a AstraZeneca

AFP
Sociedade 09.04.2021

Moselle deixa de vacinar com a AstraZeneca

AFP
AFP
De acordo com a Alta Autoridade de Saúde da França, essa vacina não é tão eficaz contra a variante sul-africana que está muito presente na região.

A campanha de vacniação na Moselle está a correr bem. Na manhã desta sexta-feira, a Câmara anunciou que mais 20 postos de vacinação foram abertos e estavam tinham administrado, ao todo, 267.918 vacinas. 

No entanto, outro anúncio volta a levantar questões referentes à vacina da AstraZeneca. Em comunicado nesta tarde, a Alta Autoridade para a Saúde (HAS, sigla em francês) fez saber que não vai mais vacinar com o fármaco da AstraZeneca nesta região fronteiriça do Grão-Ducado. O HAS baseia a decisão em estudos que mostram que esta vacina é pouco eficaz contra a variante sul-africana, que é justamente a que mais circula ali.  

Na verdade, o HAS recomenda "continuar a favorecer o acesso às vacinas" da Pfizer / BioNTech e Moderna, bem como à vacina da Johnson & Johnson (Janssen), a quarta a serr autorizada na Europa. 

Na Moselle, a variante sul-africana representava cerca de 35% dos casos positivos de covid-19 no final de março. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas