Escolha as suas informações

'Maisons médicales' deixam de atender doentes covid-19
Sociedade 08.09.2021
Luxemburgo

'Maisons médicales' deixam de atender doentes covid-19

Luxemburgo

'Maisons médicales' deixam de atender doentes covid-19

Foto: Lex Kleren
Sociedade 08.09.2021
Luxemburgo

'Maisons médicales' deixam de atender doentes covid-19

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Medida é válida nos três centros de saúde do país.

Os centros de saúde (maison médicales, em francês) deixaram de atender pacientes covid-19. O Ministério da Saúde refere num comunicado que os três centros ambulatórios localizados na Cidade do Luxemburgo, Esch-Belval e Ettelbruck, "recebem apenas pacientes 'não-covid', que devem apresentar-se sozinhos e com máscara".

A nova 'maison médicale' da capital (na rua Val Fleuri, n° 23), junto ao Centro Hospitalar do Luxemburgo, em Strassen, aceita pacientes sem marcação. Já em Esch-Belval (em breve na avenue du Swing, n° 7) e em Ettelbruck (avenue Lucien Salentiny, n° 110) os pacientes devem marcar a consulta através da internet ou do número de telefone 20 333 111 (a partir das 19h, nos dias de semana, e a partir das 7h, aos fins de semana e feriados).

Os três centros de saúde do país asseguram o atendimento médico fora das emergências hospitalares e dos horários dos consultórios generalistas. O horário de funcionamento nos dias de semana é das 20h à meia-noite, sendo que aos fins de semana e feriados os centros estão abertos das 8h à meia-noite. 


Lares do Luxemburgo com despistagem esporádica de anticorpos contra a covid-19
Desde maio passado que este teste é efetuado com regularidade para apurar se um paciente já esteve infetado ou, caso tenha sido vacinado, se a vacina produziu anticorpos.

Após a meia-noite é obrigatório ligar para o número de emergência 112. A chamada é depois reencaminhada para o médico de plantão do centro de saúde, que entra em contacto com o paciente e, se necessário, pode fazer uma visita ao domicílio.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas