Escolha as suas informações

Mais de 30 mil estudantes receberam uma ajuda financeira
Sociedade 09.10.2020

Mais de 30 mil estudantes receberam uma ajuda financeira

Mais de 30 mil estudantes receberam uma ajuda financeira

Sociedade 09.10.2020

Mais de 30 mil estudantes receberam uma ajuda financeira

Susy MARTINS
Susy MARTINS
O ministro da Educação sublinhou que os métodos utilizados durante o confinamento devido à covid-19, como a videoconferência, continuam a ser aplicados na maioria das aulas na Universidade do Luxemburgo.

No total, foram acordados 128,6 milhões de euros em ajudas sob forma de bolsas de estudo e 216,9 milhões de euros sob forma de empréstimo. São mais de 30 mil estudantes (30.808) que beneficiaram de uma ajuda do Estado, destes mais de 18 mil eram residentes. 

Estes dados foram revelados pelo ministro do Ensino Superior, Claude Meisch, em comissão parlamentar. 

Meisch sublinhou ainda que os métodos utilizados durante o confinamento devido à covid-19, como a videoconferência, continuam a ser aplicados na maioria das aulas na Universidade do Luxemburgo.

O ministro salientou ainda que no ano académico 2019/2020, os países preferidos pelos estudantes residentes para estudar eram a Alemanha (4.650), o Luxemburgo (3.846) e a Bélgica (3.248). 

O Reino Unido e a Holanda também são países atrativos, segundo Meisch, que acrescenta que o Brexit não assustou os estudantes residentes que continuam a escolher o Reino Unido para estudar.

Claude Meisch explicou ainda que as cidades universitárias próximas do Luxemburgo continuam a ser as mais procuradas, com Bruxelas no topo da lista, acolhendo mais de 1.100 estudantes residentes no Grão-Ducado.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas