Escolha as suas informações

Maioria dos pais escolhe licença parental de seis meses
Sociedade 14.04.2022
Maternidade

Maioria dos pais escolhe licença parental de seis meses

Maternidade

Maioria dos pais escolhe licença parental de seis meses

Foto: Getty Images
Sociedade 14.04.2022
Maternidade

Maioria dos pais escolhe licença parental de seis meses

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Desde a reforma da licença parental em 2016, os pais podem escolher entre três fórmulas de licença.

Em 2021, houve um total de 15.016 pais a recorrer à licença parental, com o Fundo para o Futuro da Criança (Zukunftskeess) a desembolsar 283 milhões de euros para cobrir este mecanismo. 

Do total, 6.050 mães e 3.514 pais optaram pela licença de seis meses a tempo inteiro, refere a ministra da Família, Corinne Cahen, numa resposta parlamentar ao partido DP.

Desde a reforma da licença parental em 2016, os pais podem escolher entre três fórmulas de licença: a opção de quatro ou seis meses a tempo inteiro, a de oito ou 12 meses a tempo parcial ou ainda uma fórmula a tempo parcial durante 20 meses.

A opção mais recorrente tem sido a primeira, com a esmagadora maioria dos pais a escolher seis meses a tempo inteiro.   


Abono de família com aumento de 7 euros por mês
Aumento deve-se à indexação de 2,5%, que entrou em vigor a 1 de abril. Ao contrário dos salários, em que só será aplicada uma só indexação em 2022, o abono de família vai voltar a subir em agosto deste ano.

No ano passado, houve ainda 1.098 mulheres e 1.398 homens a escolher a licença durante 12 meses a tempo parcial. Foram contabilizados mais 1.871 homens e 359 mulheres a optar por tirar um dia por semana durante 20 meses. 

As outras modalidades foram menos solicitadas. Ainda segundo os números revelados pela ministra da Família, do total dos 15.016 pais, 8.177 eram residentes no Luxemburgo e 6.839 eram trabalhadores transfronteiriços.

Em 2021 houve 2.413 pais que trabalham menos de 40 horas por semana a tirar a licença e 519 trabalhadores independentes a fazer o mesmo.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Diário de uma mãe imigrante a mil
A licença parental não existe só em benefício dos mais pequenos. É um meio que permite a adaptação dos adultos ao dantesco desafio de trazer uma criança ao mundo.
Há novidades nas licenças por razões familiares. Em alguns casos, há mais dias que podem ser gozados pelo trabalhador, enquanto noutros esse número baixa. Saiba tudo o que muda a partir de 1 de janeiro de 2018.
Decisão do Governo, sindicatos e patrões
Vai haver mais dinheiro para a licença parental. Governo, sindicatos e patronato acordaram esta sexta-feira que a licença parental poderá chegar aos 3.200 por mês.