Escolha as suas informações

Maioria de portugueses no Grão-Ducado nasceram em Portugal

Maioria de portugueses no Grão-Ducado nasceram em Portugal

Foto: Anouk Antony
Sociedade 13.06.2018

Maioria de portugueses no Grão-Ducado nasceram em Portugal

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Segundo o Statec são sete em cada 10. Os dados demográficos mais marcantes sobre a comunidade portuguesa no Luxemburgo foram divulgados no 10 de junho.

Publicados no âmbito do 10 de junho, Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, os dados do gabinete luxemburguês de estatísticas (Statec) revelam que sete em cada 10 portugueses residentes no Grão-Ducado nasceram em Portugal (69,4%).

Quanto à minoria, entre 10 portugueses, dois nasceram no Luxemburgo e um num país estrangeiro. Do total dos 602.005 habitantes, os portugueses continuam a ser a maior comunidade estrangeira, representando 16% da população. Segundo o Statec, a 1 de janeiro janeiro de 2018 havia 96.544 portugueses inscritos em todas as comunas do país, representando 16% do total da população. Comparando com janeiro de 2017 (16,4%), há uma descida de 0,4 pontos percentuais. No mesmo período do ano passado estavam registados nas autarquias luxemburguesas 96.779 portugueses.

Mas, comparando com 1970, já no fim da primeira década da imigração portuguesa, a diferença é gritante: nesse ano, os portugueses representavam apenas 1,7% da população luxemburguesa. Sobre os locais onde residem mais portugueses, não há grandes novidades. Larochette continua a ser a “comuna mais portuguesa”, com 44,1% de residentes lusos. Differdange (35,7%) e Esch-sur-Alzette (32,7%) completam o pódio.

Quanto à média de idades, os portugueses (36,7 anos) são mais jovens do que os luxemburgueses (41,6). Os imigrantes lusos com mais de 65 anos totalizam 6.912 pessoas (7,2%).

Entre 2010 e 2017, 27.642 estrangeiros residentes no Grão-ducado obtiveram a nacionalidade luxemburguesa. Entre eles, estão 9.356 portugueses (33,8%), enquanto no ano passado 1.325 obtiveram nacionalidade.



Notícias relacionadas

A menina luxemburguesa que pediu para aprender português
Chama-se Maria e fala português desde menina, mas é luxemburguesa dos quatro costados. Maria Hoffmann aprendeu português em criança, em Larochette, nos anos 1970. A menina luxemburguesa pediu para frequentar um dos primeiros cursos de língua portuguesa organizados para imigrantes.
ITW Maria Hoffmann - Photo : Pierre Matgé
Editorial: Que idade tem a comunidade portuguesa?
O CONTACTO festeja este ano o seu 45° aniversário. O jornal foi fundado em Janeiro de 1970, para informar a comunidade portuguesa no Luxemburgo. Ao comemorarmos esta data, surgiu-nos uma questão natural. Em que ano exacto situar o início da emigração portuguesa para o Luxemburgo?
Em Junho de 1965 uma missa na catedral do Luxemburgo juntou meio milhar de portugueses para celebrar pela primeira vez o Dia de Portugal no Grão-Ducado.
Depois disso houve um almoço eu ma festa. Foi o primeiro evento organizado pela comunidade portuguesa no Grão-Ducado de que há registo