Escolha as suas informações

Maior relâmpago do mundo registado no Brasil, com 709 quilómetros de extensão
Sociedade 27.06.2020

Maior relâmpago do mundo registado no Brasil, com 709 quilómetros de extensão

Imagem ilustrativa

Maior relâmpago do mundo registado no Brasil, com 709 quilómetros de extensão

Imagem ilustrativa
Foto: Pixabay
Sociedade 27.06.2020

Maior relâmpago do mundo registado no Brasil, com 709 quilómetros de extensão

Lusa
Lusa
A extensão da descarga elétrica equivale à distância "entre Londres e a fronteira da Suíça".

O maior relâmpago do mundo foi registado no Brasil, com uma extensão de 709 quilómetros ao longo do sul do país, informou na sexta-feira a Organização Meteorológica Mundial (OMM), ao reconhecer o recorde.

O raio em causa ocorreu em 31 de outubro de 2018 e percorreu 709 quilómetros numa linha horizontal, atravessando parte do sul do Brasil.

Segundo a OMM, a extensão da descarga elétrica equivale à distância "entre Londres e a fronteira da Suíça".

O anterior recorde tinha sido registado em 2007 no Oklahoma, nos Estados Unidos, com um raio de 321 quilómetros de extensão.

O novo recorde foi apurado devido a uma nova tecnologia de imagens por satélite. Contudo, segundo a OMM, tanto o registo anterior quanto o novo usaram a mesma metodologia para medir a extensão do relâmpago.

"Estes são registos extraordinários de eventos de relâmpagos únicos. Os extremos ambientais são medições vivas do que a natureza é capaz, bem como do progresso científico capaz de fazer tais avaliações. É provável que existam extremos ainda maiores, e que possamos observá-los à medida que a tecnologia de deteção de relâmpagos melhora", disse o professor Randall Cerveny, relator-chefe de meteorologia e extremos climáticos e climáticos da OMM.

"Isso fornecerá informações valiosas (…) em questões de engenharia, científicas e de segurança", acrescentou.

Além do recorde registado no Brasil, a OMM informou ainda que o raio com maior duração (16,73 segundos) ocorreu na Argentina, em 04 de março de 2019.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.