Escolha as suas informações

Luxemburgo. Falta de médicos impede criação de clínica pediátrica no norte
Sociedade 22.09.2022
Saúde

Luxemburgo. Falta de médicos impede criação de clínica pediátrica no norte

Saúde

Luxemburgo. Falta de médicos impede criação de clínica pediátrica no norte

Foto: Guy Wolff
Sociedade 22.09.2022
Saúde

Luxemburgo. Falta de médicos impede criação de clínica pediátrica no norte

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Atualmente, existe apenas uma clínica pediátrica no país, a “Kannerklinik” (Clínica das Crianças), do Centro Hospitalar do Luxemburgo (CHL).

Não vai haver uma clínica pediátrica no norte do país. Em causa está a penúria de profissionais de saúde. Esta é a principal conclusão do debate no Parlamento, esta quarta-feira, sobre a petição pública que reivindicava a abertura 24 horas por dia de uma maternidade e de uma urgência pediátrica no norte do país.

Faltam pediatras e outros profissionais de saúde no Luxemburgo. Uma situação que, segundo a ministra da Saúde, Paulette Lenert, não permite a criação de uma clínica pediátrica no norte, à imagem da única existente no país, a chamada “Kannerklinik” (Clínica das Crianças, em português), do Centro Hospitalar do Luxemburgo (CHL).

Um argumento que não impediu o cidadão Steve Schmitz, autor da petição, de alertar a ministra e os deputados presentes para a necessidade da criação dessa clínica na zona norte para evitar eventuais “desfechos trágicos”, uma vez que “a viagem para o centro da Cidade do Luxemburgo pode ser longa demais em casos extremos”.

Paulette Lenert tentou tranquilizar a situação, frisando que há um novo conceito na maternidade de Ettelbruck. Desde o mês de junho que esta maternidade trabalha com o CHL em caso de urgência no serviço de neonatologia.

Através de videochamada, os especialistas do CHL podem dar instruções aos anestesistas em Ettelbruck para que estes possam intervir imediatamente, sem ter de transferir a criança. Mas caso seja necessário, bebé e mãe são transferidos para a capital sob a vigilância do Serviço de Ajuda Médica de Urgência (SAMU).

Contudo, a ministra Lenert compromete-se a informar o Parlamento sobre a problemática da penúria de médicos no Luxemburgo e também sobre soluções para contornar a situação, no decorrer dos próximos dois meses.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Cerca de 800 bebés nascem na maternidade de Ettelbruck por ano. Embora tenha sido alcançado um acordo para a reabertura, ainda não foi posto em prática e não há data para que isso aconteça.