Escolha as suas informações

Luxemburgo é o país da UE com maior aumento de mortes nas estradas
Sociedade 22.04.2021

Luxemburgo é o país da UE com maior aumento de mortes nas estradas

Luxemburgo é o país da UE com maior aumento de mortes nas estradas

Symbolfoto: Pierre Matgé
Sociedade 22.04.2021

Luxemburgo é o país da UE com maior aumento de mortes nas estradas

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Em sentido contrário, em Portugal a sinistralidade nas estradas baixou 18%, com 52 vítimas mortais.

O Luxemburgo é o Estado-membro da União Europeia (UE) com a mais alta taxa de aumento de vítimas mortais nas estradas no ano passado. Segundo os dados divulgados esta quarta-feira pela Comissão Europeia, a sinistralidade rodoviária no Grão-Ducado aumentou 18% entre 2019 e 2020, ou seja, subiu de 36 para 42 vítimas mortais.

Abaixo do Luxemburgo surgem a Estónia (15%) e a Letónia (7%), enquanto fora do bloco comunitário, a Islândia (33%) e a Suíça (21%) registam taxas mais altas que o Grão-Ducado.

Em contraste, em Portugal a sinistralidade nas estradas baixou 18%, com 52 vítimas mortais, um ponto percentual acima da média da UE (17%). Os países com maior diminuição foram Malta (-31%), Bulgária (-26%), Itália e Hungria (os dois países com -25%).

Na comparação com 2010, ano em que morreram nas estradas luxemburguesas 64 pessoas, o país registou no ano passado um recuo da taxa de sinistralidade em -19%. Estes números foram divulgados por ocasião da conferência sobre os "Resultados de Segurança Rodoviária da UE", que juntou esta terça-feira decisores políticos, sociedade civil e profissionais da segurança rodoviária. 

De acordo com uma nota publicada no site da Comissão Europeia, a conferência teve como objetivo avaliar o ponto da situação da segurança rodoviária na UE e discutir qual a melhor forma de prosseguir rumo ao Plano Estratégico de Segurança Rodoviária 'Visão Zero'".  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O Luxemburgo é o país da União Europeia (UE) com a maior taxa de mortes na estrada entre 2017 e 2018. De acordo com dados provisórios divulgados, esta quinta-feira, pela Comissão Europeia (CE), os acidentes fatais aumentaram 44%, num ano.