Escolha as suas informações

Luxemburgo, Bélgica e Holanda juntos em iniciativa pioneira contra testes nucleares
Sociedade 02.02.2019 Do nosso arquivo online

Luxemburgo, Bélgica e Holanda juntos em iniciativa pioneira contra testes nucleares

Luxemburgo, Bélgica e Holanda juntos em iniciativa pioneira contra testes nucleares

Foto: Guy Wolff
Sociedade 02.02.2019 Do nosso arquivo online

Luxemburgo, Bélgica e Holanda juntos em iniciativa pioneira contra testes nucleares

Diana ALVES
Diana ALVES
O Luxemburgo, a Bélgica e a Holanda assinaram um protocolo que tem como objetivo a proibição total de testes nucleares.

Os ministros dos Negócios Estrangeiros dos três países que formam o Benelux - Luxemburgo, Bélgica e Holanda - assinaram um protocolo de cooperação científica no âmbito do tratado que proíbe a realização de testes nucleares. O documento foi assinado em Bucareste, à margem da reunião informal dos ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia (UE).

Apesar de o tratado já estipular a proibição de testes nucleares os três países decidiram reforçar a coperação nesta matéria. A ideia é facilitar a realização de análises científicas conjuntas, que permitam analisar episódios suspeitos e, eventualmente, detetar testes nucleares.

Esta coperação entre Grão-Ducado, Bruxelas e Amesterdão é a primeira do género. O chefe da diplomacia luxemburguesa, Jean Asselborn, espera que venha a servir de inspiração a outras regiões do mundo.

Num comunicado enviado às redações, o governo luxemburguês sublinha que os testes nucleares são considerados ilegais e que apenas um país, a Coreia do Norte, violou esta norma internacional no século XXI.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas