Escolha as suas informações

Kevin Spacey. Jovem desiste da acusação de agressão sexual
Sociedade 1 2 min. 18.07.2019

Kevin Spacey. Jovem desiste da acusação de agressão sexual

Kevin Spacey. Jovem desiste da acusação de agressão sexual

Foto: DR
Sociedade 1 2 min. 18.07.2019

Kevin Spacey. Jovem desiste da acusação de agressão sexual

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
A primeira queixa contra o ator remonta a 1986. O ator continua a ser suspeito de muitos crimes de assédio e agressão sexual.

Will Little, que acusou Kevin Spacey de agressão sexual, retirou as queixas contra o ator que estava a ser julgado num tribunal do Estado do Massachsetts. 

 O procurador distrital de Cape & Islands, Michael O'Keefe, apresentou um "Nolle prosequi", uma expressão jurídica que equivale a "não estar disposto a prosseguir" devido à "falta de disponibilidade da testemunha".  

O caso remonta a 2016 quando o jovem em causa, filho de Heather Unruh, uma jornalista da cadeia de televisão WCVB, acusou o ator de o ter apalpado num bar, quando tinha então 18 anos. Unruh veio a público dizer que Kevin Spacey tinha embebedado o filho e tinha-lhe agarrado os genitais. 

O ator compareceu no tribunal, em Nantucket, para responder pela acusação de agressão sexual e lesão corporal ao jovem e os advogados do ator deram entrada com uma alegação de inocência. Na sequência da acusação, um juiz de Massachusetts proibiu o ator de se aproximar do rapaz.

Em dezembro de 2018, Spacey colocou no Youtube um vídeo chamado "Vou ser Frank", um trocadilho com o nome da sua personagem na série "House of Cards", Frank Underwood, e falou pela primeira vez em público desde que surgiram várias acusações contra si.

Os vídeos 360 não têm suporte aqui. Ver o vídeo na aplicação Youtube.

Outras queixas

O primeiro caso surgiu em 2017, quando o ator Anthony Rap acusou Spacey de o ter assediado sexualmente numa festa em 1986, quando a alegada vítima tinha 14 anos e o acusado 26 anos. Na sequência do escândalo, Spacey assumiu a sua homossexualidade e garantiu que não se recordava do episódio. Disse, no entanto, que se aconteceu, devia "sinceras desculpas" a Rapp pelo seu comportamento.

Também oito atuais e antigos membros da equipa de "House of Cards" acusaram Spacey de ter tornado tóxico o ambiente da produção da série, por causa de assédio sexual. Na altura, a Netflix e o estúdio Media Rights Capital anunciaram o corte de relações com a estrela e foi cancelado o filme sobre o escritor norte-americano Gore Vidal que este iria protagonizar. 

Também em 2017, o teatro Old Vic, em Londres, reuniu testemunhos de 20 pessoas sobre o alegado "comportamento inapropriado" do ator norte-americano que, entre 2004 e 2015, foi diretor artístico daquela estrutura.

Em agosto do ano passado, o jornal Los Angeles Times avançou que Kevin Spacey estava a ser investigado nos Estados Unidos por novo caso de alegada agressão sexual. Isso a somar a um outro caso semelhante que terá ocorrido em outubro de 1992, em West Hollywood, e que as autoridades já estavam a investigar.

Com Lusa

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Kevin Spacey formalmente acusado de agressão sexual
Kevin Spacey, de 59 anos, deverá comparecer perante um juiz no dia 7 de janeiro para responder por acusações de agressão sexual e lesão corporal ao filho de uma jornalista televisiva de Boston, alegadamente praticadas num restaurante da ilha de Nantucket em julho de 2016.
Gerard Depardieu acusado de violação
O conhecido ator francês foi acusado de ter abusado sexualmente de uma jovem de 20 anos. O advogado de Depardieu nega a acusação e está indignado pelo seu cliente ter sabido da queixa pela imprensa, antes da notificação judicial.