Escolha as suas informações

Homicídio de Ana Lopes. Marco Silva vai cumprir prisão perpétua
Sociedade 11.01.2022
Justiça

Homicídio de Ana Lopes. Marco Silva vai cumprir prisão perpétua

Justiça

Homicídio de Ana Lopes. Marco Silva vai cumprir prisão perpétua

Foto: Alain Piron
Sociedade 11.01.2022
Justiça

Homicídio de Ana Lopes. Marco Silva vai cumprir prisão perpétua

Ana Patrícia CARDOSO
Ana Patrícia CARDOSO
Chega ao fim o julgamento de recurso do português condenado pela morte da ex-namorada.

Marco Silva, o português condenado em janeiro de 2021 pelo homicídio de Ana Lopes, vai mesmo cumprir a pena máxima. 

O julgamento de recurso terminou esta terça-feira e um juiz do tribunal da relação confirmou a prisão perpétua para Marco, que continuou a declarar-se inocente durante todo o processo

"O Tribunal de Recurso do Luxemburgo confirmou, de facto, a sentença do arguido a prisão perpétua", disse à Lusa Henri Eippers, o porta-voz da administração judiciária do Luxemburgo. "Os juízes levaram em conta o homicídio e os contornos de premeditação do crime", acrescentou. 

O homem de 33 anos é considerado culpado de raptar a ex-companheira e mãe do filho de ambos, na noite de 16 de janeiro de 2017. Ana Lopes (na altura, com 25) tinha sido dada como desaparecida a 15 de janeiro, em Bonnevoie, na cidade do Luxemburgo. 

Dois dias depois, o seu carro foi encontrado em território francês, em Roussy-le-Village, perto da fronteira com o Grão-Ducado, completamente carbonizado. Mais tarde, a autópsia confirmaria que o corpo encontrado na viatura era o de Ana. Marco foi detido seis meses após o homicídio. 

Nas alegações finais do julgamento de recurso, o Ministério Público considerou que este era "um crime brutal, executado com uma frieza chocante". 

Com agência Lusa

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas