Escolha as suas informações

Harry e Meghan querem "ser financeiramente independentes da rainha" sem abdicar dos títulos reais
Sociedade 2 min. 09.01.2020 Do nosso arquivo online

Harry e Meghan querem "ser financeiramente independentes da rainha" sem abdicar dos títulos reais

Harry e Meghan querem "ser financeiramente independentes da rainha" sem abdicar dos títulos reais

Foto: AFP
Sociedade 2 min. 09.01.2020 Do nosso arquivo online

Harry e Meghan querem "ser financeiramente independentes da rainha" sem abdicar dos títulos reais

O objetivo dos duques de Sussex é passar mais tempo nos Estados Unidos, não deixando de "honrar o dever" com a coroa britânica.

Depois do pai, do irmão e dos três sobrinhos, o sexto na linha de sucessão ao trono britânico escolheu ser "financeiramente independente" da coroa. 

Numa nota divulgada nas redes sociais, os duques de Sussex anunciaram o afastamento da família real britânica após "muitos meses de reflexão e discussão interna". 

A ideia de Harry e Meghan Markle é passar mais tempo nos Estados Unidos. Dentro em breve deverão lançar uma nova organização de caridade. 

"Escolhemos fazer este ano uma transição e começar progressivamente um novo papel desta instituição. Temos o objectivo de nos afastarmos como ‘membros seniores’ da família real e começar a trabalhar sermos financeiramente independentes, enquanto continuamos a apoiar completamente a Sua Majestade", esclarecem no comunicado que é destaque na imprensa de todo o mundo. 

"Este equilíbrio geográfico vai permitir-nos criar o nosso filho num ambiente de gratidão pela tradição real em que nasceu, enquanto ao mesmo tempo dá espaço à nossa família para se focar num novo capítulo, incluindo o lançamento da nossa organização de caridade", acrescentam para justificar a necessidade de passarem a dividir o tempo entre o Reino Unido e o berço da duquesa que trocou Hollywood pelo casamento com o filho mais novo do príncipe Carlos e Diana Spencer. 

Na prática, nenhum vai perder os títulos reais. Escolhem apenas ter menos destaque enquanto membros da família real britânica, numa decisão que ajuda a explicar a ausência no quadro da mensagem tradicional de Boas Festas da rainha. 

Já em maio do ano passado, depois do nascimento do primeiro filho, os duques de Sussex deram sinais de cansaço em relação ao aumento do escrutínio mediático que, por sinal, atormentou a mãe do príncipe até à sua morte, em Paris. 

Tabloides como o Sun, o Mirror ou o Mail estão no banco dos réus depois do casal ter apresentado queixa crime a propósito das alegadas escutas telefónicas ilegais e da divulgação da carta que a duquesa escreveu ao pai, antes do casamento. 

Harry e Markel casaram em 2018. Desde o namoro, que inicialmente optaram por manter longe dos holofotes, a vida da ex-atriz está na mira da imprensa. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas